Aflitos custará R$ 2,5 milhões, diz Conselho do Náutico;

Enquanto o Executivo do Náutico não se posiciona sobre o rompimento do contrato entre o Governo do Estado e a Arena Pernambuco, o Conselho Deliberativo alvirrubro começa a trabalhar para promover o retorno do clube aos Aflitos.

Uma reunião já ocorreu, na última terça (8), envolvendo as comissões de Obras, Patrimônio, Planejamento e Legislação e Justiça. Dela, foi possível calcular o valor para deixar o Aflitos apto para voltar a receber jogos: R$ 2,5 milhões.

Os cálculos são da comissão de Obras do Conselho. “E contemplam não os Aflitos de 2013, mas um estádio melhor equipado, com iluminação mais potente e banheiros, vestiários e cabines de imprensa de maior qualidade”, explicou o presidente do CD, Gustavo Ventura.

Segundo o dirigente, com os recursos, o “novo” Aflitos estaria apto ainda para a atual temporada.

Uma das saídas para se levantar a quantia é um possível acordo com a Odebrecht, que administrava a Arena Pernambuco e mantém um débito com parcelas vencidas com o próprio Náutico.

Gustavo Ventura contou que o presidente do Executivo, Marcos Freitas, foi convidado para a reunião e participou da parte final. Mas lembrou que a decisão de voltar ao antigo estádio é do Deliberativo. “Foi o Conselho na época que levou o Náutico para a Arena e será o Conselho que vai trazer de volta”, disseRB241111015

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *