Agente de Allan Vieira diz que Santa Cruz deve oito salários;

ADAURY VELOSO ;

Lateral esquerdo tem futuro indefinido no Tricolor para temporada 2019;

Quase três meses após o fim da Série C, o Santa Cruz ainda tem pendentes três casos de renovação de contrato no antigo elenco. São os casos do zagueiro Sandoval, do volante Carlinhos Paraíba e do lateral esquerdo Allan Vieira. Com contrato até o final do ano, Allan é teoricamente o caso mais distante de uma solução. Afinal, é do trio o que tem o maior número de pendências a receber. O empresário do jogador, Elizeu Trindade, afirmou que o Tricolor lhe deve oito salários.

O futuro do jogador está indefinido. Está tudo parado. Precisamos de uma definição porque até agora o clube não fez nenhuma proposta sequer para continuidade do jogador e também em relação às dívidas de vários salários pendentes”, afirmou o agente.
Allan Vieira chegou ao Arruda em 2015 na sua primeira passagem pelo clube. Destaque na campanha do acesso à Série A, renovou o contrato até o final deste ano. No ano passado, após duas temporadas no Arruda, acabou emprestado e teve passagens sem relevância pelo RB Brasil e Londrina.  Acabou aceitando reduzir o salário para voltar ao Arruda jogar a Série C deste ano, onde fez 12 partidas – todas como titular.
“Nessa volta ao clube, Allan recebeu duas frações que não deu um salário inteiro sequer. A gente prefere aguardar. É uma dívida grande, são mais de oito salários atrasados. O jogador está esperando uma definição da direção, que ficou de retornar. Há duas semanas estamos no aguardo. Se tiver algo positivo, temos o interesse na permanência. O Santa Cruz é um grande clube, tem uma camisa peso… Passa por dificuldade, mas é uma grande vitrine. Estamos na mão da diretoria”, pontuou Elizeu.

Sandoval e Carlinhos

A respeito do zagueiro Sandoval, o empresário do atleta, Ytalo Pontes, afirmou que a situação do atleta ainda é de indefinição. O Tricolor havia prometido o pagamento de dois salários pendentes ao atleta até o último dia 15. O agente do jogador afirmou que não sabe se o Santa Cruz já pagou ou não a dívida colocada como pré-requisito pare renovação. Por fim, sobre Carlinhos Paraíba, o empresário Júlio Fressato disse que também espera contato da direção para negociar a renovação.
A reportagem do BLOG  tentou entrar em contato com o presidente do clube, Constantino Júnior, e com o executivo de futebol, Luciano Sorriso, para comentar os casos. Porém, as ligações não foram atendidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *