ÁGUIA- CANSADO DE POSTAR

QUE O NOSSO FUTEBOL ESTÁ PÉSSIMO- É isso aí.Culpar treinadores, ou até alguns atletas que atuam em nossos clubes? A pandemia? A situção financeira de cada clube? Existem três fatores que estão acabando com o futebol e não é só o pernambucano. Chama-se dirigentes e dinheiro. O que tem de clube contratando e tirando técnico passa do limite. Alguns idiotas querem resultado de imediato porque teem medo da imprensa e da torcida. Mas alguns não tem medo de se agarrar com certo tipos de empresários e participar de falcatuas deixando o clube virar uma cratera.
Jogadores no sul, em sua maioria, é salário acima de 600 mil reais. Teremos o exemplo de Diego Souza. Qual é sua idade e qual futuro dará ao Grêimio.? Gabriel, Flamengo, deve ganhar uma fortuna, mas foi jogar no exterior e não mostou futebol. No Flamengo é ídolo.
E o nosso futebol. O pior dos últimos anos. Sport, Santa Cruz e Náutico, com equipes que jamais representam a tradição dos nossos clubes. A culpa é dos treinadores? Da Pandemia? Ou de alguns péssimos dirigentes vaidosos que somente sabem que é uma bola porque ele é redonda? Estes são inocentes porque a vaidade consegue lhe fazer feliz. O pior são alguns que já foram e outros que ainda estão nos clubes enganando o torcedor. Sugando e se aproveitando das transações de jogadores para encherem ,com licença da palavra”o rabo” de dinheiro. Agora mesmo o ex-presidente da Chapecoense está na mira da Policia Federal. E olhe que estrou no cargo porque o anterior renunciou. Mas em menos de dois anos, aprontou. O Central de Caruaru também teve um “cidadão” que estava no poder, saiu e não prestou conta. No Sport, é o clube dos “heróis ” , corredores e inocentes. O mesmo acontece no Santa Cruz que em épocas passadas, um presidente foi acusado de vender 30 mil garrafas de cervejas vazias e nunca prestou conta. Nos Aflitos, quando deixaram o clube João de Deus Ribeiro, Americo Pereira e o saudoso Josemir Correia, o clube começou colocar vaidosos. Lembro que certa vez, fui eu o primeiro profissional a entrevistar o ex-presidente do Santa Cruz Jonas Alvarenga. Ele tinha empresa em Sucupira, falaram que ele faliu mas depois foi para o bairo do BARRO, Dei conselho para ele não entrar como candidato a presidente. Ele agarrou-se com um time de pastor evangélico, classificou o tricolor para a série A do Brasileiro e quem fala mais em Alvarenga? É mais fácil os mais Velhos se lembrar da dupla de cantores; Alvarenga e Ranchinho que o Jonas. Nem passa mais em frente da sede tricolor. Prefere as igrejas evangeliscas. Porque eu não sei….Os nossos clubes não tem mais condições de contratar jogadores de qualidade. O que começam a dispontar, dão adeus e vão embora porque eles pensam no seu futuro Pensam que Mailson ama o Sport e nenhum atleta ama clube? Para eles,o importante é o trabalho e receber no dia certo. Se o time ganhar querem “bichos” e perdendo, eles não perdem nada. Besta o torcedor que é sócio de clube e não recebe nada de volta. Que digam os três de nossa capital.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *