alternativas ofensivas podem surgir no Santa Cruz;

ADAURY VELOSO ;

Daqui para frente, cada partida será uma verdadeira final para o Santa Cruz. Com a “corda no pescoço”, o Mais Querido busca somar um número necessário de pontos para não terminar o campeonato entre os quatro últimos na classificação, e consequentemente disputar a terceira divisão do ano que vem.

Sendo assim, não será surpresa se o técnico Marcelo Martelotte optar por esquemas e atletas de características mais ofensivas, correspondendo ao intuito de ir atrás das vitórias. Nas últimas semanas, o comandante coral vem se agradando com uma formação mais ousada, utilizando apenas um volante de marcação à frente da defesa.

Outra alternativa é a presença do atacante Ricardo Bueno ao lado de Grafite, possibilidade sempre cogitada desde o retorno do camisa 23 ao Mais Querido. Ainda artilheiro da equipe na Série B com quatro gols marcados, ao lado de João Paulo, Bueno vem sendo acionado com frequência ao longo das partidas.

Questionado sobre o assunto, Ricardo Bueno garantiu que o posicionamento com dois atacantes de referência é sempre trabalhado durante os treinamentos, mas que ainda não houve conversa com o treinador para utilização da ideia.

” Ainda não tive esse papo com o Marcelo(Martelotte), mas estamos sempre testando principalmente nas partes finais do treinos. Chegou o momento de não só criar jogadas e jogar bem, temos que fazer valer nossa qualidade e procurar os gols, pois só assim conseguiremos os resultados “, comentou o camisa 99

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *