André perde pênalti e Sport empata com o Náutico:

ADAURY VELOSO;

Enquanto a maioria dos Pernambucanos descansava nesta Quarta-feira de Cinzas (1), após aproveitar bastante o Carnaval, o Hexagonal do Título reservava um duelo interessante. O Sport, com o time reserva, recebeu o Náutico na Ilha do Retiro pela 5ª rodada. Em um jogo animado no primeiro tempo e lento no segundo, os rivais ficaram empatados em 1×1.Um bom jogo começa com fortes emoções. E foi assim que começou o clássico. Com seis minutos corridos, Agenor já havia feito uma boa defesa e Giva abriu o placar desviando com a mão. Por isso, o gol foi anulado e o atacante tomou o cartão amarelo. Passados mais seis minutos, Paulo Henrique deu a resposta após bobeira da zaga alvirrubra. Porém, parou na boa defesa de Tiago Cardoso.

A partida pode até ter perdido ritmo nos minutos seguintes, mas, voltou a tirar o fôlego aos 29 em boa jogada do jovem atacante Erick. O camisa 33 driblou Rodrigo e rolou para David que acabou derrubado. O próprio Erick pediu para bater e, na cobrança, colocou no lado opostou ao escolhido por Agenor, abrindo o placar, dessa vez de forma legal na Ilha.

O cronômetro já marcava 40 minutos quando Lenis fez os zagueiros sofrerem antes de cruzar travado. A bola foi cabeceada para Raul que cruzou em Neto, o volante dominou, virou e encheu o pé para empatar. Tiago nem pulou na bola, 1×1. Aos 43, Erick marcou novamente para o Timbu em cruzamento de Manoel, mas estava impedido e mais um gol alvirrubro foi anulado.

Recomeça forte, mas desacelera

Bastou a bola voltar a rolar para o jogo retomar o pique da primeira etapa. Com um minuto, Marco Antônio cobrou escanteio que foi até Manoel na quina da área. O lateral dominou de cabeça e bateu bonito de trivela, porém Agenor estava atento e pegou bem. O Timbu voltou a assustar aos 16 com jogada individual de Dudu que bateu forte, mas no meio do gol e o goleiro rubro-negro encaixou.

Com o cansaço batendo, junto ao gramado molhado, o ritmo da partida caiu. Só aos 26 Dudu teve outra chance, dessa vez dentro da área e o chute passou muito perto da trave. O Sport insistia em bolas cruzadas na área, mas faltava finalizar as jogadas que eram bem cortadas pela zaga. A chance de garantir a vitória rubro-negra veio já no fim, aos 44, quando o árbitro viu pênalti em bola na mão de Manoel. Na cobrança, André bateu mal, no meio do gol e Tiago Cardoso defendeu sem dificuldades. Foi o último lance de perigo do jogo que terminou empatado em 1×1.

FICHA DE JOGO

Campeonato Pernambucano – Hexagonal Título – 5ª rodada

Local: Ilha do Retiro

Sport: Agenor; Raul Prata, Matheus Ferraz, Henríquez e Caio; Fabrício, Rodrigo e Neto Moura; Paulo Henrique (Fábio), Marquinhos (Reinaldo Lenis, depois Juninho) e André. Técnico: Daniel Paulista.

Náutico: Tiago Cardoso; David, Tiago Alves, Ewerton Páscoa e Manoel; João Ananias, Rodrigo Souza, Marco Antônio e Dudu (Jefferson Renan); Erick (Cal Rodrigues) e Giva (Alison). Técnico: Milton Cruz.

Arbitragem: José Woshington da Silva

Assistentes: Elan Vieira de Souza / Ricardo Bezerra Chianca

Gols: Neto Moura (SPT) / Erick (NAU)

Cartões amarelos: Caio, Neto Moura e Fábio (SPT) / Giva, Dudu e Rodrigo Souza (NAU)

Cartões vermelhos:

Público: 3.430 pessoas

Renda: R$ 58.425

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *