Após derrota, técnico chama responsabilidade para si ;

ADAURY VELOSO ;

SPORT

Após derrota, técnico chama responsabilidade para si e mostra confiança em reação do Sport

Milton Mendes afirmou que conta do Leão para escapar do rebaixamento é “jogo a jogo”, mas afirmou que espera somar pelo menos mais 15 pontos;

Com o Sport em situação cada vez mais delicada na Série A, o técnico Milton Mendes vem chamando a responsabilidade para si e tentando assim tirar o peso do momento dos jogadores. Após a goleada sofrida para o Atlético-PR na noite deste domingo, o treinador afirmou que quer passar o máximo de tranquilidade possível para o elenco até o jogo do próximo sábado, contra o Vasco, na Ilha do Retiro. Restando nove partidas até o final do Brasileirão, Mendes disse que espera somar pelo menos mais 15 pontos – ou seja, obter mais cinco vitórias.

“Nossa conta é jogo a jogo. Assim que temos feito e não vou mudar isso. Se fizermos nossa parte nos manteremos na Série A. Temos nove jogos e queremos ganhar pelo menos 15 pontos. Para isso, é importante se bem focado e determinado no objetivo. E acho que é possível”, afirmou, confiante.
Atualmente, o Sport é o vice-lanterna da Série A com 27 pontos – cinco atrás do Vitória, primeiro time fora do Z4. O revés para o Atlético-PR foi o décimo seguido do time como visitante. Com Milton Mendes, foi a segundo derrota fora de casa no total de três jogos dele à frente do time até aqui – na rodada anterior, havia vencido o Internacional em casa.

“Responsabilidade é minha”

Na avaliação da partida contra o Furacão em si, Milton Mendes não se mostrou surpreso com o desenho da partida. Afirmou que já espera o festival de bolas alçadas do adversário e a pressão inicial em cada tempo da partida. “Sabíamos das bolas com Thiago Heleno e outros jogadores que fazem a diferença. Nos preparamos, treinamos e nossos jogadores tentaram, fizeram o melhor. A responsabilidade é minha. Os jogadores estão tentando fazer o máximo”, defendeu.
“Espero que a gente no próximo jogo consiga rapidamente levantar esse astral e preparar para o jogo contra o Vasco. Jogo de seis pontos. Os jogadores têm que estar tranquilos, assim mais facilmente conseguem fazer o melhor dentro de campo. É importante passar tranquilidade e todos têm responsabilidade. Estou com eles até o fim”, pontuou. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *