Árbitro da estreia da Copa cometeu erro grosseiro em abril;

ADAURY VELOSO ;

Escolhido para apitar Rússia e Arábia Saudita, na abertura da Copa do Mundo, quinta-feira (17/5), às 12h, o árbitro argentino Nestor Pitana foi responsável por um erro grotesco em abril deste ano, em confronto pela 22ª rodada do Campeonato Argentino, entre Estudiantes e Chacarita Juniors.

Aos 14 minutos, o juiz não notou que a bola havia cruzado a linha de fundo do campo de defesa do Estudiantes e deu sequência na jogada. Em seguida, o Chacarita continuou no ataque e, após finalização, a bola foi desviada no braço do zagueiro Desábato, e Pitana marcou a penalidade máxima.
O problema é que a bola passou quase dois metros a linha de fundo e o árbitro não viu, assim como seu assistente Hernán Maidana, outro que estará no jogo de estreia da Copa do Mundo. O duelo terminou com a vitória do Chacarita por 2 x 0, sendo um desses gols marcados no pênalti assinalado de forma incorreta.
Apesar do erro, a Fifa confiou a missão ao argentino, que também apitou a Copa há quatro anos, em solo brasileiro. Em 2014, ele foi eleito o oitvavo melhor árbitro do mundo. Em 2016, o profissional trabalhou nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *