Arthur Rezende convive com silêncio e dívida do Santa Cruz

ADAURY VELOSO ;

SANTA CRUZ

Com sondagens de clubes, Arthur Rezende convive com silêncio e dívida do Santa Cruz

Clube acenou com desejo de renovar com o meia logo após o fim da Série C, mas não fez mais contato com o atleta e também não cumpriu acordo inicial ;

Após terminar a temporada em alta pelo Santa Cruz, Arthur Rezende recebeu ainda no Recife da diretoria do Santa Cruz o aceno para que ele permanecesse no clube em 2019. Com a Série C encerrada para o Tricolor desde o último dia 26 de agosto, restou ao meio-campista o silêncio por parte do clube coral. Sem novos contatos da direção pernambucano, o atleta de 24 anos vem recebendo sondagens de outros clubes. Apesar da falta de sinalização tricolor e da promessa de quitar as dívidas com ele não cumpridas, o jogador não descarta voltar a defender o Mais Querido no ano que vem.

Arthur Rezende fez 28 partidas pelo Santa Cruz em 2018. Marcou três gols. Contrato desde o início desta temporada, conviveu com altos e baixos ao longo do ano. Com o último técnico, Roberto Fernandes, mais recuado, encontrou a melhor posição e terminou bem o ciclo pelo Tricolor. Sem clube definido para 2019, se mantém à espera do Santa.
“Por enquanto, nada novo. Não tenho falado com ninguém do clube. Não houve mais nenhuma conversa após o primeiro contato ainda aí no Recife”, afirmou Arthur. “Chegou a surgir uma proposta para jogar a Série B, mas financeiramente não valeria a pena para mim e o clube não era interessante naquele momento. Agora, tenho algumas propostas e estou estudando”, acrescentou.
Quando Arthur foi liberado pelo clube após a eliminação na Série C, deixou o Arruda com pendências salariais. No acordo, proposto pelo próprio Santa Cruz, ficou definido que até o último dia 30 de setembro ele receberia o que tinha direito. “Não recebi nada”, resumiu-se a dizer.
Apesar do problema financeiro, Arthur deixou em aberto o futuro e a possibilidade de defender o Santa Cruz no ano que vem. “Não tem nada definido. Se de repente for bom para o clube e para mim, podemos renovar. É um clube que tenho carinho, fui bem recebido pela torcida e me adaptei bem”, pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *