atacante Ortigoza vive seu maior jejum de gols pelo Náutico;

ADAURY VELOSO ;

NÁUTICO

Sem marcar há quatro jogos, atacante Ortigoza vive seu maior jejum de gols pelo Náutico

Último gol do paraguaio foi marcado na vitória sobre o Globo-RN, no dia 27 de maio, na estreia do treinador Márcio Goiano no comando do Alvirrubro;

Somando seis vitórias nas últimas sete partidas, sendo as últimas cinco de forma consecutiva, o Náutico vive o seu melhor momento na Série C do Campeonato Brasileiro. Período que, curiosamente, contrasta com o do seu principal jogador na temporada. Sem marcar gols há quatro jogos, o atacante Ortigoza vive o seu maior jejum desde que estreou pelo clube, no dia 20 de fevereiro, contra o Afogados, pelo Campeonato Pernambucano. Quando, por sinal, balançou as redes pela primeira vez com a camisa alvirrubra.

O paraguaio segue como artilheiro do clube na temporada, com 10 gols em 19 jogos. Porém, essa média já foi bem melhor. Quando balançou as redes pela última vez, na vitória por 2 a 0 sobre o Globo-RN, no dia 27 de maio, Ortigoza alcançou uma média de 0,66 gol por jogo. Número superior, àquela altura, ao de muitos outros goleadores no Brasil como Roger Guedes, do Atlético-MG, Borja, do Palmeiras, Neilton, do Vitória e Pedro, do Fluminense.
Curiosamente, a queda de rendimento do camisa 30 se deu justamente após a chegada do técnico Márcio Goiano, principal responsável pela ascensão da equipe na Série C. O gol contra o Globo, na estreia do treinador, foi o único de Ortigoza sob nova direção. Desde então, o jogador atuou apenas uma vez uma partida inteira. Na derrota para o ABC por 2 a 0 (a única do Náutico com Márcio Goiano no comando), quando desperdiçou uma chance clara de marcar o que seria o gol de empate.
Nas partidas seguintes, acabou substituído no intervalo na vitória contra o Remo (quando o jogo estava empatado por 0 a 0), foi expulso aos 23 minutos do primeiro tempo no clássico contra o Santa Cruz e retornou ao time no triunfo por 3 a 2 diante do Confiança no último sábado. Quando desperdiçou outra chance clara no primeiro tempo, sendo substituído aos 22 minutos do segundo tempo.
Sem problema de lesão ou suspensão, Ortigoza segue à disposição de Márcio Goiano para a partida da próxima segunda-feira, contra o Salgueiro, no Cornélio de Barros. O Carcará, por sinal, é a maior vítima do paraguaio com a camisa do Náutico. Em dois confrontos contra a equipe sertaneja, o atacante marcou três gols. Um deles na semifinal do Campeonato Pernambucano e outros dois no duelo entre os dois times pela Série C, na Arena de Pernambuco.
  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *