camisa 87 exalta chegada de André

Adaury veloso;  Aos 50 minutos do segundo tempo, a partida entre Juazeirense e Sport foi mudada. O que parecia ser um 0 a 0 concretizado pela segunda rodada da Copa do Nordeste se transformou em uma vitória do Leão em uma jogada inesperada. Rithely passou para Diego Souza e o meia, já dentro da área, avançou livre até o goleiro Tigre. Poderia empurrar para o fundo das redes, mas o camisa 87 preferiu rolar para o lado. Fabio, livre de marcação, só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes. Seu primeiro gol na temporada 2017.

“Se eu tivesse sozinho com o goleiro, eu teria finalizado. Mas o Fábio estava melhor colocado, e ele é um menino trabalhador. A gente vê a batalha dele no dia a dia e merece esse presente”, falou o meia.

Fabio só teve que agradecer. Após comemorar muito, se emocionar, tirar a camisa e receber cartão amarelo pela ação, o prata da casa lembrou que o gol valeu mais para o clube do que para ele. “Diego Souza me deu um presente. Estou feliz com a oportunidade. É um gol que vale muito. Vale três pontos e estamos bem na tabela”, lembrou.

À espera de André

Em 2016, Diego Souza tentou convencer André a voltar ao Sport. Não conseguiu. Agora, com o camisa 90 rertonando para a Ilha do Retiro, o meia exaltou a ação da diretoria e quer o companheiro em campo o mais breve possível. “Mais um reforço de peso e temos que agradecer bastante a diretoria pelo esforço. Agora temos que entrosar bem e fazer o melhor dentro de campo para sermos melhores do que o ano passado.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *