Camisa 9 à espera de um dono no Náutico

ADAURY VELOSO;  Após quase três meses na temporada 2017, o Náutico vive o seu melhor momento no ano. Sob a tutela de Milton Cruz, os alvirrubros estão há quatro jogos sem saber o que é uma derrota, mas uma questão ainda parece mal resolvida no time: o comando de ataque.

Ao contrário dos rivais Sport e Santa Cruz, a camisa 9 do Timbu ainda não encontrou o seu dono. Contratado para sanar este problema, Anselmo acumula apenas três aparições e 140 minutos em campo, números considerados baixos para um calendário de 11 jogos completados por três competições diferentes. Outro nome que poderia colaborar com a numerologia, mesmo não exercendo essa função, é o de Juninho, outro que não vem sendo tão aproveitado assim.

Em estatísticas coletivas, o sistema ofensivo do clube da Rosa e Silva ainda precisa de maior expressão. Nestes mesmos 11 jogos foram marcados apenas 11 gols, e essa média de um tento por partida não sustenta uma defesa que já tomou nove.

Assim, encontrar uma referência é preciso. Mesmo não atuando pela faixa central de campo no esquema tático, Erick vem assumindo essa função abusando da velocidade e movimentação. O prata da casa tem três gols neste ano e é o artilheiro do elenco no momento. Logo atrás está Marco Antônio e Jefferson Nem, ambos com dois tentos.
Historicamente, o Náutico sempre contou com bons camisas nove, como o potiguar Reinaldo, nos anos 80, e posteriormente Bizu. No início da década de 2000, Kuki apareceu nos Aflitos e consagrou-se como um dos maiores artilheiros do clube.
Mercado

Quanto a necessidade de contratações, a diretoria já externou que os próximos só chegarão para a disputa do Campeonato Brasileiro. A janela de inscrições para o Estadual e Copa do Nordeste fecha no final deste mês, deixando pouco tempo hábil para a viabilização e regularização de um reforço para o elenco.

Mesmo assim, o próprio Milton Cruz deixou claro que está observando os Campeonatos Estaduais em todo o Brasil, visando garimpar atletas para melhor estruturar o escrete alvirrubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *