Camutanga admite que meta do Náutico é fugir do rebaixamento ;

ADAURY VELOSO ;

NÁUTICO

Com time na lanterna, Camutanga admite que meta atual do Náutico é fugir do rebaixamento

Com um terço da primeira fase da Série C já disputada, Timbu é o lanterna do Grupo A, com apenas quatro pontos, a cinco do G4 ;

Com apenas quatro pontos somados em seis rodadas, o Náutico está, de novo, na lanterna do Grupo A da Série C. Situação dem diferente da projeção inicial do clube, que iniciou a competição embalado pelo título do Campeonato Pernambucano. Diante da realidade incômoda e mesmo sem abrir mão da luta pelo acesso, o zagueiro Camutanga admitiu nesta segunda-feira que a briga atual do Timbu é contra o rebaixamento à Série D.

Aos 24 anos, o defensor é um dos jogadores que mais atuaram pelo clube na temporada, estando em campo em 25 das 34 partidas disputada pelo time até agora. Todas como titular. “Primeiramente o pensamento é sair dessa zona de perigo. O campeonato é curto e com duas vitórias podemos deixar essas últimas posições. E depois que sair dessa zona vamos pensar no G4. Mas a prioridade hoje é sair da lanterna”, pontuou.
Com um terço da primeira fase já concluído, Camutanga admitiu também que a matemática já começa a fazer parte do dia a dia do elenco. Porém, mais do que contas, é preciso voltar a pontuar. A começar pelo jogo do próximo domingo, contra o Globo-RN, na Arena de Pernambuco.
“Temos que pensar matematicamente também. Mas para pensar nisso temos que ganhar os jogos. Não adianta só pensar, temos que buscar os pontos também. Ainda dá (para se classificar). O quarto colocado hoje (Juazeirense) hoje tem nove pontos. E até o final do turno temos dois dos três jogos em casa (o time recebe na 9ª rodada o Remo) e é nossa obrigação vencer esses jogos.”
O zagueiro também revelou certo conhecimento com relação ao técnico Márcio Goiano, que assume o Náutico a partir desta terça-feira. E acredita que um novo comandante pode ser útilo na tarefa de recuperação alvirrubra. “Nunca trabalhei com ele, mas sei que é um cara que vem se uma sequência de bons resultados. Chegou duas vezes na final do Campeonato Goiano (ambas pela Aparecidense). Espero que ele venha nos ajudar a sair dessa situação que está incomodando a todos. Não esperávamos passar por isso”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *