Cirúrgico, Santa Cruz vence Uniclinic

AMAURY VELOSO;

O Santa não só faz boa campanha na Lampions como faz a melhor, com 10 pontos e 7 gols de saldo. No sábado de carnaval, longe da folia recifense, os corais foram até Horizonte, a 50 quilômetros de Fortaleza, onde enfrentaram o Uniclinic, agora com quatro derrotas e ainda sem gol a favor. Num estádio deserto, onde quase todos os espectadores eram tricolores, o time fez 2 x 0, com gols de Thomás e Júlio César, o primeiro do atacante pelo clube.

Apesar do placar e da fragilidade do adversário, a partida não foi ditada pelos corais. Na verdade, o time pernambucano pouco atacou. No primeiro tempo, por exemplo, o número de chances foi 9 x 2, a favor do mandante. Ao menos, quando chegou, teve 50% de aproveitamento no período. No de cabeça do meia, a jogada foi iniciada por Pitbull, que fez um bom trabalho de pivô – se marcou três gols no confronto anterior, desta vez teve um papel mais tático.

Na segunda etapa, o Uniclinic tentou evitar a eliminação precoce, chegando várias vezes à meta tricolor. Se defendendo bem, mas com dificuldades para tramar uma boa jogada, o Santa só conseguiu finalizar aos 26 minutos. Bastou. Aproveitando uma bola mal rebatida pelo goleiro após um cruzamento de Vítor (bom desempenho em 2017), o centroavante de 37 anos girou e marcou com tranquilidade. Com o carnaval só começando, não havia motivo para gastar mais energia. O resultado já estava consolidado. A liderança também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *