Clássico marca momentos distintos de Santa e Sport;

Cj3TXf7XIAAGPOMCj3WsxoWgAAbIwV Cj39-ZeW0AA3Y8E Menos de um mês depois de se enfrentarem na final do Campeonato Pernambucano, Santa Cruz e Sport voltam a duelar entre si, desta vez, pela 5ª rodada da Série A, às 21h, no Arruda, em situações opostas na tabela. O tricolor busca uma nova vitória dentro de casa para voltar à liderança do Brasileiro, perdida após o empate com a Chapecoense na última rodada, já o Leão tenta conquistar os primeiros três pontos para deixar a incômoda última colocação do nacional. Os dois times não contarão com peças consideradas titulares para o jogo.

Néris e Henríquez, nomes importantes nas defesas de Santa Cruz e Sport, respectivamente, não entrarão em campo nesta quarta-feira (1º). O zagueiro Coral teve um edema na coxa esquerda constatado antes da partida contra a Chapecoense e nem chegou a atuar em Santa Catarina. Do outro lado, o Colombiano, que também não participou da 4ª rodada, contra o Corinthians, teve diagnosticado um estiramento no músculo adutor da coxa esquerda e vai ficar afastado por pelo menos três semanas. Os técnicos Milton Mendes e Oswaldo de Oliveira devem manter as opções utilizadas na última rodada, Alemão, no tricolor, e Matheus Ferraz, no rubro-negro. O Santa Cruz ainda terá mais uma importante ausência, o lateral esquerdo Tiago Costa. Suspenso pelo terceiro amarelo, o jogador dá vaga ao estreante Roberto, contratado junto ao Atlético-PR.

Invicto no comando do Santa Cruz, o técnico Milton Mendes pontua que, apesar do bom início do seu time, vê um jogo equilibrado no quesito pressão pela vitória. “A pressão é igual, quem não ganha tem a pressão de ganhar e quem ganha tem a pressão de se manter ganhando. A cobrança é igual, ambas as torcidas, diretoria, jogadores e comissão técnica querem vitória. Não consigo dizer o que se passa do lado de lá, mas consigo dizer o que passa do lado de cá. Aqui estamos determinados o nosso foco é total, nossa determinação é máxima e nosso empenho é grande. Estamos num bom momento e queremos continuar nele”, destaca o técnico coral.

No Sport, Oswaldo de Oliveira vive a situação inversa e desde que chegou não ganhou nenhuma partida. Mesmo reconhecendo que o time não vem rendendo o esperado ele vê qualidade para uma evolução na competição. “Não seria inteligente da minha parte fazer críticas aos meus jogadores, porém não posso de uma forma indiferente fazer elogios. Nós estamos trabalhando, procurando bons resultados. Os jogadores que estão no Sport tem qualidade, se não, não teriam vindo. No momento ainda não conseguimos vencer, mas a minha crença e que ele ressurjam, valorizem a possibilidade de jogar aqui e deem a resposta que queremos”, pontuou o treinador do Leão.

Ficha técnica

Santa Cruz:

Tiago Cardoso, Léo Moura, Alemão, Danny Morais e Roberto; Uillian Correia, João Paulo, Wallyson, Arthur e Keno; Grafite.

Sport:

Magrão, Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Serginho, Rithely, Gabriel Xavier, Diego Souza, Éverton Felipe; Edmílson

Local:Arruda

Horário: 21h

Árbitro: Raphael Claus (SP)

Assistentes: Clovis Amaral da Silva e Cleberson do Nascimento Leite (ambos de PE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *