Claudinei Oliveira não aprova treino e deixa time do Sport indefinido;

ADAURY VELOSO ;

SPORT

Claudinei Oliveira não aprova treino e deixa time do Sport indefinido; Morato entra no BID

Treinador faz mexidas no ataque e prefere não divulgar escalação para jogo contra São Paulo, que é neste domingo, às 16h, na Ilha do Retiro;

O Sport não está definido para o jogo contra o São Paulo, às 16h do próximo domingo, na Ilha do Retiro. Diante da queda do poder de fogo do Leão na Série A desde o retorno da competição com o fim da Copa do Mundo, o técnico Claudinei Oliveira faz constantes mudanças no setor de ataque e preferiu não definir a escalação para o duelo. Diz que tem 90% do time pronto.

Nesta sexta-feira, em um trabalho coletivo no CT, o comandante rubro-negro decidiu tirar Marlone e Andrigo para escalar Rafael Marques e Rogério, alterando o time em relação ao jogo contra a Chapecoense. Em seguida, ainda colocou o novato Morato em campo após ele ficar regularizado e fez ainda mais dois testes em outros setores.
Como revelou que não gostou tanto da atividade realizada, o treinador tem mais um treino tático reservado neste sábado além do tradicional rachão. Nele, decide de quem vai a campo.
“O time não deve ser muito diferente do que iniciou o treino. A possibilidade de Morato iniciar jogando é muito remota. Ele ainda não está ciente dos conceitos que temos e até tirou dúvidas comigo quando entrou em campo. O time deve ser 90% da equipe que iniciou o treino. Talvez, mexa numa peça”, disse Claudinei Oliveira.
“O treino não foi tão bom para dar segurança de dizer o time que vai jogar, mas o importante é jogar bem e não só treinar bem. Às vezes, o pessoal se poupa um pouco, tira um pé da dividida”, acrescentou.

Primeira parte do treino

A formação do Sport testada no CT do clube, na tarde desta sexta-feira, inicialmente foi: Magrão; Cláudio Winck, Ronaldo Alves, Ernando e Sander; Deivid, Fellipe Bastos, Rogério, Gabriel e Rafael Marques; Carlos Henrique. O treinador comandou essa equipe passando bastante orientação. Até mais do que o habitual. Claudinei Oliveira se posicionou no meio do campo durante a atividade e chegou até a pará-la para dar orientações.
No mesmo trabalho, o técnico montou o time reserva com: Mailson; Raul Prata, Léo Ortiz, Durval e Jean; Ferreira, Neto Moura, Michel Bastos, Andrigo e Marlone; Hygor.
Desse time, novamente Neto Moura se destacou com passes e movimentação intensa, comandando o meio-campo. Andrigo, porém, teve a melhor chance com um chute na trave. Nesse momento, a movimentação terminou em 0 a 0.
Além desse trabalho coletivo, iniciaram o treinamento com uma movimentação em outro campo à parte os goleiros Luan Polli e Lucas, o zagueiro Adryelson, o lateral esquerdo Evandro, o volante Nonoca e os atacantes recém-chegados Mateus Gonçalves e Morato.

Segunda parte com Morato e mais mudanças

Na segunda parte do treinamento coletivo, Claudinei Oliveira realizou apenas uma mudança no time titular. Após saber da regularização de Morato, o técnico chamou o atacante de imediato e o escalou na equipe principal, sacando Rafael Marques. Nesse cenário, o novato ficou pela ponta direita e Rogério caiu pela esquerda.
O ex-jogador do Cruzeiro, por sua vez, ficou entre os reservas no posto de Hygor. Em seguida, porém, Rafael Marques retornou ao time principal. Ele ocupou a vaga de Carlos Henrique, que minutos antes havia errado uma finalização. Léo Ortiz também foi testado como volante entre os titulares, ocupando a vaga de Gabriel. A vaga no grupo de baixo foi ocupada por Max. No fim, o treino terminou em 0 a 0.
O Sport chega pressionado para o confronto contra o líder São Paulo com uma sequência de sete jogos sem vencer na Série A. São seis derrotas e apenas um empate. Com essa queda de desempenho, o time está na 12ª posição, a dois pontos da zona de rebaixamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *