Claudinei Oliveira sai em defesa do elenco do Sport:

ADAURY VELOSO ;

SPORT

Claudinei Oliveira sai em defesa do elenco do Sport: ‘Não pode desqualificar por derrotas’

Após duas derrotas seguidas, técnico mira agora recuperação contra o Vitória;

Foram 35 dias de intervalo durante a Copa do Mundo. E a sensação é que o Sport regrediu nesse período sem jogos. Após a pausa, o Leão voltou ao Brasileirão e, de pronto, sofreu o impacto de duas derrotas consecutivas. Primeiramente, para o lanterna Ceará – que não vencia há 16 jogos. Depois, pior, em casa, para o Fluminense – outro que vinha em uma longa sequência sem êxitos, há seis partidas sem vencer. Embora pressionado, vaiado pela torcida, o técnico Claudinei Oliveira mostrou-se tranquilo com o momento. Consciente da necessidade de recuperação, mas sem deixar cair qualquer resquício do mal momento para o elenco.

Questionado sobre se o elenco do Sport não estaria passivo à necessidade de receber mais reforços para ter mais opções no elenco, o treinador saiu em defesa dos jogadores que tem em mãos. “Não é por questões de opções que a gente pode desqualificar o elenco depois de duas rodadas. Temos que organizar a equipe para fazer uma boa campanha. Estamos criando mais, tendo mais finalizações, e não estamos vencendo. Diferentemente do que aconteceu antes. Às vezes, é melhor saber deixar o adversário se expor para aproveitar chances. Não vou aqui desqualifica o elenco. Confio muito neles”, disse.
Estacionado nos 19 pontos, já perdeu três posições, caindo de sétimo para décimo colocado. Ainda assim, cinco pontos à frente do América-MG, equipe que abre a zona de rebaixamento. “Quando cheguei aqui a percepção grande era contra o rebaixamento e não vamos deixar de ter isso. Hoje, estamos em 10º, mas não vamos nos sentar nisso”, afirmou.
O Leão volta a campo na próxima quinta-feira, contra o Vitória, no Barradão. “Vamos agora para Salvador tentar vencer o Vitória. É difícil, mas possível. Já conseguimos isso contra o Palmeiras”, destacou Claudinei, otimista. “Temos jogado mais ou menos o de antes, mas o resultado não está vindo. O rendimento não está ruim, mas o resultado não vem. Às vezes, a gente jogou pior do que isso. No jogo contra Paraná, na minha estreia por exemplo, jogamos pior que hoje e acabamos vencendo”, pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *