Com Arena cheia, Náutico enfrenta o Salgueiro neste domingo ;

ADAURY VELOSO ;

NÁUTICO

Com Arena novamente cheia, Náutico coloca favoritismo em xeque por final do Estadual

Timbu enfrenta Salgueiro em jogo único da semifinal com expectativa de quebra de recorde de público no Campeonato Pernambucano ;

Para o alvirrubro está sendo difícil conter a ansiedade. Afinal, com as eliminações dos principais rivais Santa Cruz e Sport, o Náutico passa a ser o único representante do chamado “trio de ferro” ainda vivo no Campeonato Pernambucano, o que, para parte da torcida, deixa o caminho um pouco mais livre para o clube colocar um ponto final ao incômodo jejum de 13 anos sem títulos. Antes, porém, é preciso superar o Salgueiro, neste domingo, às 16h, na partida única das semifinais. Mas o otimismo do torcedor timbu é inevitável. Otimismo este, refletido na procura por ingressos.

Até às 12h deste sábado, 17 mil bilhetes já haviam sido vendidos para a partida. Com isso, a expectativa é de uma nova quebra de recorde de público do Estadual, que pertence ao próprio Náutico, com as 18.136 pessoas registradas na vitória sobre o Afogados, domingo passado, nas quartas de final.
Ciente do apoio, mas também da responsabilidade que terá pela frente, o técnico Roberto Fernandes não escondeu, ao longo da semana, que a partida diante do Carcará foi tratada como prioridade. Tanto que escalou uma formação alternativa na quinta-feira, contra o Botafogo-PB, pela Copa do Nordeste, poupando seus principais jogadores para o Estadual. Sendo assim, o Náutico enfrenta o Salgueiro com sua força máxima e descansado.
A única novidade da equipe deve ocorrer no setor ofensivo. Isso porque, com boas atuações contra Afogados e Botafogo-PB, o meia Júnior Timbó se credenciou para assumir um lugar na equipe titular. Dessa forma, a tendência é que Roberto Fernandes adiante o meia Wallace Pernambucano para atuar como centroavante, abrindo o paraguaio Ortigoza para atuar mais aberto, tendo Robinho na outra ponta.
Porém, mesmo diante do cenário de casa cheia e força máxima, os alvirrubros fazem questão, a todo momento, de descartar o rótulo de favoritos para o confronto. A ordem é seguir a cartilha do “correr por fora”, mesmo que ela não se aplique mais na prática.
“Essa palavra favorito está passando bem longe daqui. Temos um grupo guerreiro e determinado, que está bastante focado em conseguir os objetivos do clube no ano. Então esse negócio de favorito fica para a torcida e para a imprensa. Temos é que encarar essa semifinal como o jogo das nossas vidas. O mais importante do Náutico no ano”, resumiu Timbó.

Ficha do jogo

Náutico
Bruno; Thiago Ennes, Camutanga, Camacho e Gabriel Araújo; Negretti, Wendel e Júnior Timbó; Ortigoza, Wallace Pernambucano e Robinho. Técnico: Roberto Fernandes.
Salgueiro
Mondragon; Marcos Tamandaré, Maurício, Luiz Eduardo e Juninho; Peu, Jaildo, Dadá Belmonte e Fabiano Menezes; João Paulo e Willian. Técnico: Sérgio China
Local: Arena de Pernambuco
Horário:16h
Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos
Assistentes: Clovis Amaral e Cleberson Nascimento Leite
Ingressos: R$ 40 (setor leste inferior), R$ 20 (estudantes e idosos) e R$ 15 (sócios). Demais setores esgotados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *