Com ataque do Santa Cruz em baixa, técnico busca soluções;

ADAURY VELOSO ;

Apenas um atacante de ofício marcou gol na temporada e equipe comandada por Júnior Rocha tem o segundo pior número de gols do Pernambucano 2018 ;

O Santa Cruz vive o melhor momento da temporada. Está há seis jogos sem perder. Lidera o Grupo A da Copa do Nordeste e, passo a passo, vai conseguindo apresentar um futebol mais consistente e equilibrado. Um ponto, no entanto, ainda vem dando dor de cabeça ao técnico Júnior Rocha: o setor ofensivo. Em 11 partidas, o Tricolor marcou apenas dez gols. Desses, apenas um foi assinalado por um atacante de ofício. No Campeonato Pernambucano, onde é apenas o sétimo colocado, o time coral tem o segundo pior ataque com apenas quatro gols – um a mais que o lanterna Flamengo de Arcoverde.

Nos últimos dois jogos pelo Estadual, o Santa Cruz passou em branco. Empates em 0 a 0 que atestam o mal momento dos atacantes. Não em vão, sem muitas opções ofensivas, o treinador sacou o único centroavante do elenco, Vinícius, e resolveu improvisar Héricles no setor desde o jogo contra o CRB, pelo Nordestão. A equipe apresentou melhoras. Novo homem de referência no ataque, Héricles marcou um gol. O outro na vitória sobre os alagoanos foi marcado pela primeira vez no ano por um atacante: Robinho, que joga pela ponta direita, deixou o dele.
O Tricolor terá uma nova chance de melhorar a situação do ataque e, consequentemente, no Pernambucano, na próxima quinta-feira, quando irá enfrentar o Flamengo, em Arcoverde. Após empatar com o Pesqueira, os atletas voltam a trabalhar normalmente na tarde de hoje, no CT. “Estamos construindo, está melhorando a cada jogo e vamos chegar ao nosso ideal. Está longe ainda do que a gente gosta, mas vamos chegar ao ideal e ajustar esse nosso lado ofensivo também”, avaliou Júnior Rocha.
Por outro lado, na Copa do Nordeste, os números do ataque tricolor apresentam boa melhora. Em três jogos, o Santa Cruz marcou seis gols – média de dois por jogo. Pela Copa do Brasil, a equipe foi eliminada na primeira fase sem balançar as redes.

Artilheiros do Santa Cruz em 2018

Jeremias (2) (meia-atacante)
Arthur Rezende (2) (meio-campista)
Augusto Silva (2) (zagueiro)
Robinho (atacante)
Héricles (meia-atacante)
Vítor (lateral-direito)
Jorginho (volante)
Recomendamos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *