Com Márcio Goiano, Náutico tem desempenho de G4;

ADAURY VELOSO ; NÁUTICO

Náutico tem desempenho de G4 com Márcio Goiano

Ao somar nove dos últimos 12 pontos em disputa, Náutico deixou a zona de rebaixamento e se aproximou do bloco dos quatro melhores do Grupo A;

Do nono ao quinto lugar. Quatro posições conquistadas em uma rodada, com uma vitória em um clássico, jogando com menos um. Ainda por cima, a peça ausente foi a do craque do time. Depois de um início complicado na Série C, os ventos começam a soprar a favor do Náutico. O triunfo suado por 1×0 perante o Santa Cruz, no Arruda, ratificou a crescente alvirrubra após a chegada do técnico Márcio Goiano. Com o novo comandante, o Timbu tem um desempenho digno dos times que estão no G4 do Grupo A.

Nos quatro jogos sob a batuta de Márcio Goiano, o Náuticovenceu três e perdeu uma. Aproveitamento de 75%. Nenhuma outra equipe da chave teve um desempenho acima disso nos últimos quatro confrontos. O treinador estreou vencendo o Globo/RN por 2×0, na Arena de Pernambuco. Depois, foi derrotado pelo mesmo placar pelo ABC, no Frasqueirão, em uma partida que o técnico salientou, mesmo com o tropeço, o início de uma evolução no time. Em seguida, vitórias contra Remo (3×2) e Santa (1×0).  Na quinta colocação, com 13 pontos, o Náutico tem apenas um a menos que o Santa Cruz, quarto colocado, e dois a mais que a Juazeirense, na nona posição. Antes de Márcio Goiano, o Timbu tinha apenas uma vitória em seis jogos. Nos demais compromissos, quatro derrotas e um empate (22,2%).  O técnico Roberto Fernandes comandou o clube nos quatro jogos iniciais da Série C e Dudu Capixaba, treinador do sub-20, nos dois confrontos seguintes antes da mudança na comissão técnica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *