Santa Cruz ainda precisa quebrar um tabu.

O estádio Cornélio de Barros não traz boas recordações aos tricolores. Se não bastassem as  dificuldades devidas ao calor do Sertão e ao gramado, o Santa Cruz ainda precisa quebrar um tabu. São mais de cinco anos sem vencer o Salgueiro fora de casa. Os números negativos não tiram o ânimo dos corais, que entram em campo, neste domingo (13), empolgados após a vitória por 3 a 1 sobre o Confiança/SE, no Arruda, pela Copa do Nordeste.

Por outro lado, o Carcará também vem de um excelente resultado no Nordestão. Na última quinta-feira (10), foi até Natal e bateu o ABC/RN por 2 a 1, no estádio Frasqueirão. A equipe comandada por Sérgio China busca retomar a liderança do Hexagonal do estadual, já que ontem perdeu provisoriamente o 1º lugar para o Sport Recife, que goleou o Central por 4 a 0 na Ilha do Retiro e assumiu a ponta da tabela.

O retrospecto do Santa Cruz contra o Salgueiro no Cornélio de Barros não é nada animador. De 2011 pra cá, os tricolores só venceram o adversário uma vez no Sertão, perderam três vezes e empataram quatro, em oito jogos. A última vez que os corais derrotaram o Carcará fora de casa foi no dia 21 de janeiro de 2011, quando ganharam pelo placar de 2 a 1, em jogo válido pelo estadual.
No Hexagonal do Campeonato Pernambucano, o Santa é o 4º colocado, com oito pontos conquistados. Já o Salgueiro está na 2ª posição e tem 13 pontos. O duelo neste domingo (13) começa às 16CdbylEYWAAAms7I

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *