Com Tiago Costa na ‘sombra’, Roberto se diz bem fisicamente para enfrentar Belo Jardim

Adaury veloso;  O técnico Vinícius Eutrópio preferiu apostar na experiência e confirmou a escalação de Roberto na lateral esquerda para enfrentar o Belo Jardim, nesta quarta-feira no Arruda. Remanescente da equipe titular que encerrou a última temporada, atleta fará a sua estreia em 2017, tomando o lugar antes ocupado pelo jovem Eduardo, escalado enquanto Roberto resolvia questões contratuais com o clube. Mesmo sendo integrado ao elenco 15 dias após a reapresentação geral, o jogador se diz no mesmo nível físico dos demais atletas.

“Me sinto bem. Estou bem fisicamente porque enquanto estava em negociação com o clube, não deixei de treinar com um personal na minha cidade. Cheguei bem e fiz os exames. Estou junto com o pessoal. Me sinto bem para esse jogo”, afirma Roberto.

Se a vantagem em relação a Eduardo é clara, o mesmo não deve acontecer com o outro concorrente.Tiago Costa está liberado para jogar, após sofrer lesão ligamentar que o deixou fora por mais de cinco meses, e deve travar uma disputa dura pela titularidade. É o que projeta Roberto. “Uma concorrência boa. Tiago Costa não saiu mal, saiu machucado. Ele vinha atuando muito bem e estava na sua melhor fase. Vai ser uma briga boa. Quando tive a oportunidade, fui bem. Seja quem for que o professor optar, vai ser uma briga boa.”

Mas Roberto terá tempo para mostrar seu potencial ao técnico Vinícius Eutrópio. Mesmo conhecendo as características de Tiago Costa por terem trabalhado juntos na Chapecoense, o treinador projeta planos cuidadosos para voltar a acionar o atleta. “Particularmente, estou em trabalho contínuo com a fisioterapia e o departamento médico. Vamos ter cuidado excessivo com ele para que possa voltar a campo e não retornar mais ao DM. Vamos fazer tudo com muita calma.” Mas sinaliza uma boa recuperação. “Resposta dele tem sido ótima.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *