Confusão sobre laudo da Arena foi falha de comunicação;

CfTwodNWwAQoGy1Índice-2RENAAA O vai e vem do jogo do Náutico da Arena Pernambuco para o Arruda e vice-versa foi provocado por um ruído de informação. Já havia um novo Laudo de Condições Sanitárias e de Higiene em vigor desde 22 de fevereiro, mas a CBF alterou o modelo de envio para um sistema eletrônico, o que atrasou a entrega do mesmo.

Abaixo, o documento que comprova o envio do laudo para a promotora de Justiça de São Lourenço da Mata, uma das entidades que recebem o laudo. A nova versão foi finalizada em 31 de março.

A Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária, que desde 2013 é a responsável pela emissão do laudo, iria entregar a nova versão na segunda (4), antes do fim do prazo do anterior, que expiraria nessa quarta (6), véspera da partida entre Náutico x Vitória da Conquista, pela Copa do Brasil.

Porém, sem ter sido informada pela FPF, a CBF se antecipou e mudou o local da partida.

Ou seja, toda confusão e embaraço poderiam ter sido resolvidos com um simples telefonema.

Bola pra frente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *