Copa do Nordeste ; Náutico busca quebrar tabu de jamais passar da fase de grupos

Adaury veloso;  A Copa do Nordeste de 2017 começa nesta terça-feira para o Náutico, quando o clube enfrentará o Uniclinic, na Arena de Pernambuco. O time cearense é o primeiro passo para os alvirrubros na busca por um título inédito em sua galeria de troféus. Para isso, o Timbu precisará derrubar o tabu de jamais ter avançado da fase de grupos no torneio. Ao longo dos anos desde a primeira disputa, em 1994, o Nordestão teve vários formatos de disputa experimentados até chegar ao atual, com 20 clubes distribuídos em cinco grupos. Das oito participações do Alvirrubro no certame, quatro foram com o sistema de chaveamento, sem alcançar o mata-mata com o modelo.

As campanhas de maior destaque do Náutico se deram em 2001 e 2002, quando os 16 times duelavam entre si e os quatro melhores decidiam em sistema de finais para definir o campeão. Sobretudo em 2001, quando os alvirrubros encerraram a primeira fase com a expressiva marca invicta de 11 vitórias e quatro empates. Caindo apenas para o rival Sport nas semifinais pelo placar de 1 a 0, em jogo único nos Aflitos.

Nas oito vezes em que estreou, o Timbu obteve quatro vitórias, dois empates e duas derrotas. Foi derrotado em casa apenas uma vez, pelo América-RN, em 1998. O placar mais expressivo foi o sonoro 8 a 2 sobre o Botafogo-PB, também nos Aflitos – maior goleada dos alvirrubros na história do Nordestão.

Confira abaixo o histórico das estreias do Náutico na Copa do Nordeste e de suas participações:

1994 – CSA 4 x 1 Náutico
– A primeira edição oficial da Copa do Nordeste reconhecida pela CBF teve a particularidade de ser disputada apenas em Alagoas, como estado sede. Com a fórmula de disputa em fase de grupos, apenas com jogos de ida. Além da derrota na estreia para os Azulinos, o Timbu empatou com Bahia por 1 a 1 e com o Botafogo-PB por 2 a 2. Acabou eliminado como lanterna do Grupo A.

1997 – Náutico 2 x 0 Santa Cruz-PB – Com um molde diferente de disputa, o Nordestão 97 adotou o mata-mata, semelhante à Copa do Brasil. Após vencer a primeira partida, o empate por 1 a 1 na volta garantiu classificação. O Timbu acabou eliminado pelo Ceará na fase seguinte.

1998 – Náutico 0 x1 América/RN
– No retorno da fase de grupos, desta vez com jogos de ida e volta, mais uma participação frustrante do Alvirrubro. com apenas uma vitória e um empate em seis jogos, acabou novamente eliminado como lanterna da chave.

1999
– Não participou.

2000
– Não participou.

2001 – Botafogo-PB 1 x 3 Náutico – A primeira grande campanha do Náutico no Nordestão. Desta vez, as 16 equipes duelaram entre si apenas em jogos de ida, com os quatro melhores colocados avançando para as semifinais. O Náutico liderou a primeira fase de maneira invicta, com 11 vitórias e quatro empates. Mas acabou eliminado pelo Sport nas semifinais, pelo placar de 1 a 0.

2002 – Náutico 8 x 2 Botafogo-PB – O modelo de disputa foi repetido para o ano seguinte e o Náutico fez mais uma boa campanha. O time terminou a primeira fase em terceiro lugar e acabou eliminado pelo Bahia nas semifinais.

2003
– Os clubes pernambucanos não participaram da edição.

2010 – Náutico 2 x 0 Ceará – Após o longo hiato de sete anos, a Copa do Nordeste voltou a ser promovida pela CBF. Com datas paralelas aos campeonatos nacionais, os clubes adotaram como alternativa atuar com times formados por atletas encostados do elenco principal ou das categorias de base. O Timbu teve uma campanha discreta, encerrando a competição em 10º lugar.

2013 – Não participou.

2014 – Náutico 1 x 1 Guarany de Sobral – Com a volta da disputa em formato grupos desde o ano anterior, o Timbu mais uma vez não conseguiu passar da primeira fase. Acabou em terceiro lugar na mesma chave que tinha o rival Sport – que se sagraria campeão da edição.

2015 – Não participou.

2016 – Náutico 2 x 2 Salgueiro – Retornando à competição após novamente não garantir classificação pelo Estadual, o Timbu volta a se encontrar com um pernambucano em sua chave. Desta vez, o Salgueiro foi o responsável por eliminar a equipe alvirrubra, quando venceu por 3 a 1 na última partida e avançou de fase.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *