Dal Pozzo fala em ‘gosto amargo’ da eliminação do Náutico;

ADAURY VELOSO =

Pela segunda vez consecutiva, o técnico alvirrubro foi eliminado pelos corais em uma semifinal do Campeonato Pernambucano;  Quatro anos depois de sua primeira passagem pelo Náutico ser encerrada após a eliminação nas semifinais do Pernambucano diante do Santa Cruz, o técnico Gilmar Dal Pozzo voltou a cair contra os tricolores novamente em uma semifinal estadual. Porém, apesar das coincidências, o treinador alvirrubro evitou a comparação entre os contextos e para além do gosto amargo de ficar fora da disputa pelo título, apontou um equílibrio entre as duas equipes que não viu em 2016.

“Não é a rivalidade só com o Santa Cruz. No ano passado, nós eliminamos eles da possibilidade do acesso na Série C e a nossa equipe já estava classificada. Esse jogo foi bastante diferente de 2016. Em 2016, eles foram bem superiores e mereceram passar de fase. Esse confronto foi bem equilibrado. O Santa Cruz vem fazendo uma boa campanha e tem feito por merecer os resultados. É claro que fica um gosto bem amargo, mas não pelo fato de ter caído para o Santa Cruz, mas sim por ter sido eliminados, o que nos deixa muito tristes, pois era o nosso principal objetivo”, explicou.
Com o novo insucesso diante dos corais, Dal Pozzo terá oito dias de trabalho com o elenco até a estreia na Série B, diante do Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis, no dia 8 de agosto. Tempo, que segundo o comandante, não será utilizado para lamentar as eliminações recentes e sim para preparar a equipe para o torneio mais longo do ano visando o retorno à elite do futebol nacional.
“Não vou ficar aqui lamentando, pois amanhã já estaremos trabalhando e suando novamente para fazer uma boa preparação para o início da Série B, que com certeza o torcedor já estava com saudades de participar, pois é um campeonato que nos dá visibilidade. É nossa grande motivação e é o grande motivo para que a gente trabalhe para iniciar bem o campeonato, sabendo que a Série B é uma competição bem mais difícil que o Estadual. Porém, a gente entra com muita sabedoria e com muita confiança de que vamos conquistar o nosso objetivo”, concluiu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *