Daniel Paulista é o novo técnico do Sport ;

ADAURY VELOSO =

Treinador se despede do Confiança após o jogo deste sábado, contra o River, pela Copa do Nordeste e segue para o Recife;  Agora é apenas questão de horas para o anúncio oficial. Após quase dois anos, Daniel Paulista está de volta ao Sport. O acerto entre o treinador e a direção rubro-negra foi feito nesta sexta-feira e só não foi divulgado ainda porque o técnico ainda tem um último compromisso à frente do Confiança, neste sábado, em Aracaju, contra o River, pela Copa do Nordeste.

Em seguida, o treinador se despede do elenco do Dragão e no domingo já estará no Recife para iniciar seu trabalho no Leão. Daniel Paulista assume na vaga de Guto Ferreira, demitido na quinta-feira, após a eliminação do Sport na primeira fase da Copa do Brasil e assina contrato até o final da temporada.
Daniel Paulista era o nome preferido do presidente rubro-negro Milton Bivar, que tomou à frente das negociações. Os dois são amigos pessoais e o treinador foi campeão da Copa do Brasil pelo Sport em 2008, ainda como jogador, tendo Milton Bivar como presidente do clube.
Após pendurar as chuteiras, Daniel Paulista voltou ao Sport enquanto auxiliar técnico em 2014, para integrar a comissão encabeçada por Eduardo Baptista. Foram pouco mais de dois anos como assistente até ser acionado como interino nos oito jogos finais de 2016 para tirar o Leão do rebaixamento – obtendo sucesso. Indo bem, foi efetivado para o início de 2017, mas não agradou e deixou a função após empate em 1 a 1 contra o Santa Cruz.
No entanto, Daniel ainda voltaria ao comando da equipe, na reta final daquele mesmo ano e novamente para evitar a queda à Segundona – e mais uma vez com sucesso. Como assumiu de forma pontual, retornou para ser auxiliar de Nelsinho Baptista, até ser demitido em abril de 2018. Logo depois, foi para o Boa Esporte, mas durou apenas nove jogos. Até em março de 2019 chegar ao Dragão.
No Confiança, fracassou na disputa do Estadual, caindo no Hexagonal Final, enquanto na Copa do Nordeste foi eliminado ainda na primeira fase. Com o tempo, no entanto, conseguiu fazer o time engrenar, conquistando o acesso à Série B. Neste ano, lidera o campeonato sergipano e o grupo B do Regional. No total, pelo Dragão, tem 39 jogos, com 17 vitórias, 11 empates e 11 derrotas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *