Daniel Paulista freia empolgação por bom jogo do Sport;

ADAURY VELOSO =

Leão entrou em campo na noite deste sábado, recebendo o Ceará na vazia Ilha do Retiro. No placar, 3 a 2 para os pernambucanos; Após uma boa atuação e estreia com vitória em um clássico regional,a tendência é que o elenco e a torcida de um clube se empolgue, certo? Com a vitória do Sport por 3 a 2 sobre o Ceará, não será vem assim, ao menos, para o treinador leonino, Daniel Paulista, que, reforçando que o clube ainda tem muitos pontos a melhorar, freiou a animação, mas celebrou o bom domínio apresentado pelo Rubro-Negro na partida.

“Desde a minha chegada, eu nunca me desesperei. Quando os resultados não estavam vindo, quando a equipe não estava mostrando nenhum sinal de evolução. E da mesma forma agora, com seis jogos de invencibilidade, vencendo a primeira partida dentro do Campeonato Brasileiro, vencendo essa equipe que foi campeã da Copa do Nordeste recentemente, um baita de um time, com um grande elenco e um grande treinador, eu também não empolgo agora. Eu acho que a gente tem ainda margem de crescimento, tem erros ainda para serem corrigidos”, afirmou Daniel Paulista.
Em uma grande atuação no primeiro tempo, quando o Sport saiu vencendo por 3 a 1, com dois gols de Elton e um de Jonatan Gomez, Daniel frisou o bom aproveitamento. “O primeiro tempo foi muito bom em todos os aspectos, a equipe controlou muito bem o jogo, fez um jogo consciente, bem organizado, bem definido em todos os setores do campo. É lógico que a gente teve erros, claro, até sofremos gol por isso, mas, de uma maneira geral, o primeiro tempo foi muito bom. A equipe criou, além dos gols, muitas chances para estar definindo a partida”, celebrou o comandante.
Em um retorno abaixo, após o intervalo, Daniel analisou a mudança de postura do ceará e a maneira como o Sport reagiu. “E no segundo tempo, a equipe infelizmente não conseguiu manter a mesma pegada, o mesmo ritmo, mas também não caiu tanto. A equipe controlou bem o Ceará no segundo tempo. Eles vieram com uma postura mais agressiva, jogadores e mais mobilidade no seu setor ofensivo. Tirou jogadores que estavam tendo um poder maior de marcação e soltou mais a sua equipe. é que a gente não teve, talvez, a tranquilidade  e a consciência de ter um pouco mais a posse de bola, como tivemos no primeiro tempo, e encaixar mais os ataques e, até ter feito um resultado melhor”.
Por fim, valorizando o adversário, Daniel Paulista disse não entender o jogo como um confronto direto contra o rebaixamento, uma vez que acredita em um Ceará forte na disputa do Brasileirão. “Eu discordo que o Ceará seja um concorrente direto nosso na briga pelo rebaixamento. Eu discordo. Acho que o Ceará tem uma grande equipe, um grande elenco, um grande treinador. Não foi campeão da Copa do Nordeste à toa . Eu acho que o Ceará vai brigar na parte de cima pelos atletas que tem, pelo nível de jogo que está apresentando”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *