Daniel Paulista pede paciência com André

Adaury veloso;

Reconhecendo que o time alternativo do Sport encontrou dificuldades nesta quarta-feira, contra o Belo Jardim, na Ilha do Retiro, o técnico Daniel Paulista procurou valorizar a vitória por 1 a 0, pelo complemento da terceira rodada do Campeonato Pernambucano. O treinador também aproveitou para pedir paciência com o atacante André. O jogador poderia ter ampliado o resultado, mas desperdiçou um pênalti no segundo tempo, assim como já havia ocorrido no último sábado, contra o River, pela Copa do Nordeste. A diferença é que na primeira ocasião, conseguiu fazer o gol no rebote.
Para Daniel Paulista, o camisa 90 ainda precisa de uma melhor adaptação no seu retorno ao futebol brasileiro. Além de mais ritmo de jogo. Antes do jogo desta quarta-feira, a última vez que o atacante havia sido titular foi no dia 17 de janeiro, contra o Sporting-POR.
“Temos que saber o momento em que o André está. Todos conhecem a sua qualidade e o seu potencial, mas é um jogador que vem da Europa, mas que não estava tendo uma titularidade dentro do Sporting. Vinha entrando em jogos esporádicos e atuando poucos minutos, sem ter uma sequência. Além disso, teve uma lesão no tornozelo e ficou um período sem treinar pouco antes de ser contratado”, lembrou o treinador, que acredita em uma evolução.
“Temos noção que ele tem que tranalhar situações de jogo e se recondicionar fisicamente, além de ganhar entrosamento com o elenco e a nossa filosofia de trabalho. Mas aos poucos ele vai readquirir o grande futebol que todos nos conhecemos”, pontuou.
Daniel Paulista não quis adiantar se André começará o clássico do próximo sábado, contra o Santa Cruz, no Arruda, como titular ou se ficará como opção no banco de reservas. Para a partida, o comandante leonino deve voltar a escalar a força máxima do Leão.
“Ainda é prematuro falar sobre o clássico. A equipe que ficou de fora contra o Belo Jardim ficará à disposição para a partida assim como os jogadores que atuaram hoje. Temos um treinamento nesta quinta e outro na sexta e com calma vamos encontrar a melhor opção para esse jogo”, pontuou.

Análise da vitória

Sobre o triunfo por 1 a 0 em cima do Belo Jardim, Daniel Paulista foi comedido nos elogios. E reconheceu que em alguns momentos faltou um melhor entrosamento na equipe. “Tivemos bastante dificuldade. O mais importante hoje foi a vitória. Mas poderíamos ter criado mais situações, pela qualidade da nossa equipe. Jogamos o suficiente para ganhar o jogo”, resumiu o treinador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *