De volta, Zé Carlos fala da experiência na Bolívia;

ADAURY VELOSO ;

A comissão técnica do Santa Cruz para a próxima temporada contará com um nome que já conhece o clube. Depois de trabalhar no Mais Querido entre os anos de 2016 e 2017, o ex-atacante Zé Carlos será o auxiliar técnico da casa para os desafios do ano que vem, depois de chegar a um acerto com a diretoria.

Neste ano, o profissional de 43 anos trabalhou como assistente do ex-treinador coral, Vinícius Eutrópio, no Bolívar. A experiência de trabalhar em um dos maiores clubes bolivianos foi comentada por Zé do Gol, como era conhecido na sua época de atleta, vestindo camisas de clubes tradicionais como Botafogo/RJ, Flamengo/RJ e Juventude/RS.

” Estive no Bolívar em 2011 como jogador e fiz uma amizade com o dono do clube. Estava em casa e me pediram a indicação de um treinador, e como havia trabalhado com o Eutrópio no Santa Cruz, fiz a indicação. Conversei e ele acabou indo, comigo de assistente. Ficamos lá por seis meses, numa experiência boa, de disputar Libertadores “, relembrou.

Em relação ao futuro, Zé Carlos falou da missão que o espera no Mais Querido, de tentar retornar à Série B do futebol brasileiro. Para ele, o caminho está sendo bem traçado para almejar coisas grandes e devolver alegrias ao torcedor.

” Chegamos a um acordo com a diretoria. Vi todo o planejamento do Santa Cruz para o ano que vem. Vamos disputar quatro competições, um projeto com pés no chão e com muito desejo de estar à altura da grandeza do clube. Creio que no início não vai ser fácil, no futebol é assim. A ideia é lançar os atletas mais novos, da casa. A filosofia é de oferecer mais tempo no profissional “, projetou Zé Carlos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *