Decepcionado e sem motivos para comemoração, afirma Martelotte;

CeBt4u2WEAAX_jH, treinador do Santa Cruz. O Santa Cruz se classificou para as quartas de final da Copa do Nordeste. Classificação que veio após mais uma má exibição da equipe coral no ano. Classificação assegurada mesmo após mais uma derrota do time na temporada. Após perder para o Bahia por 1 a 0 na noite desta quarta-feira, o técnico Marcelo Martelotte revelou sua decepção não apenas com o resultado, mas, principalmente, com aperformance de seu time. Por essa razão, o treinador tricolor disse que proibiu seu time de comemorar o avanço para a próxima fase do Nordestão: “não foi por mérito nosso”, disparou.
“Deu dor de cabeça”, resumiu, assim, o sentimento após mais um clássico – o quinto do ano, entre estaduais e regionais – sem vitórias. “Não teve comemoração nenhuma. Eu proibi de comemorar”, afirmou, contundente. “A gente se classificou não pelo que a gente fez, mas pelo que os nossos adversários deixaram de fazer”, explicou, como quem se mostra envergonhado por não fazer bem o papel que lhe cumpre. “Não cumprimos a nossa missão hoje”, enfatizou.
Decepcionado. Foi assim que Marcelo Martelotte definiu seu sentimento depois de ver o Santa Cruz voltar a jogar mal e ser derrotado pelo time reserva do Bahia. “Se pegar em sequência, a sequência média não foi boa. Nesses últimos jogos principalmente”, começou por avaliar o rendimento do seu time. “Hoje foi bem abaixo”, prosseguiu na crítica. Decepcionou muito pela condição do jogo. Pela nossa necessidade e pela falta de necessidade do adversário. Pela falta de imposição dos nossos jogadores muito mais experientes do que um time de garotos”, argumentou, referindo-se ao fato de o Bahia ter entrado em campo já classificado e com a equipe reserva.
Diante deste cenário, o treinador coral não vê outra solução. “Precisa trabalhar. Dentro das nossas possibilidades, para que evolua e melhore. Precisa de um nível muito melhor para pensar em situação favorável para a próxima fase da copa do Nordeste”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *