DERRUBADA DE TÉCNICO

aguiaAMAURY VELOSO

CLUBES PEQUENOS SOFREM

Antes do termino do Torneio de classificação do Campeonato pernambucano, dois treinadores foram vitimas  das condições  dos seus clubes e os clubes vitimas das condições financeiras para disputar um certame exdruxulo e sem nenhuma estrutura.

Primeiro foi Acadêmica de Vitória que perdeu dentro de casa para o Pesqueira.A direção vitoriense dispensou Laécio Lima.Depois foi o Belo Jardim que perdeu em casa para o Central.Foi a vez de Luciano Veloso Filho ser despachado.

Quando estes clubes se prepararam para disputar o Campeonato, sabiam das condições que iriam enfrentar.Não podia fazer grandes contratações.Todos com a Nota,Prefeituras,deixaram de colaborar.E os dirigentes sabiam desta situação.Contratar jogadores dentro de um nível de pequeno salário.Até mesmo com salário mínino.

As rendas não correspondem porque o torcedor não é besta de assistir peladas somente tirando dinheiro do seu bolso. Tudo isso os

dirigentes sabiam,mas resolveram apostar e no final das contas o técnico é quem paga o pato.Este é o tipo do torneio falido que se chama certame estadual.Os clubes do interior concordam e no final perdem dinheiro e não conseguem nenhum objetivo.O América mesmo está tendo agora alguma ajuda e talvez por isso esteja quase classificado a exemplo do Central que tem um estádio,um poder maior e mesmo assim, seu presidente já deu o grito de misericórdia.

Na minha opinião; ou se acaba com este tipo de formato de campeonato ou os clubes do interior desistam.Façam um Torneio sómente envolvendo eles e no final sai o campeão do interior que pode emglobar o sertão. A Crise Dílma, lascou meio mundo e se faz necessário aos dirigentes dos clubes do interior, tomar duas posições; deixar de disputar  a competição ou,como frizei,formar uma  liga para disutar um certame somente entre os clubes do interior e sertão.Do contrário, vão continuar sofrendo com o pires nas mãos pedindo pelo amor de Deus que alguém ajude.Quem a FPF? Aí é  uma pulha.Quem as prefeituras?Estão falidas pela crise Dilma e algumas os prefeitos não gostam de futebol como este tal de Júnior Matuto da cidade do Paulista.Não tem clube no campeonato e o estádio Ademir Cunha não se encontra em situação caótica,porque a direção do Santa Cruz mandou fazer alguns reparos para sua equipe profissional treinar no local.

Este é o futebol pernambucano atual a exemlo de todo Brasileiro que não esquece os sete da Alemanha.Chego a conclusão que clubes sem estrutura, tem que se acabar.Promover o nome da cidade  não leva nenhum clube prá frente.Quando um ano aparece um politico que tem seus interesses,no outro ano desaparece igual um Disco Voador.O futebol de várzea acabou-se.As construtoras apareceram e os meninos que jogavam bola no meio da molecada, tem que pagar para treinar nos campos construidos por ex-jogadores ou alguém interessado em ganhar dinheiro.Pobre futebol nacional onde assistí Garrincha,Didi,Pelé, Ademir Menezes,Nilton Santos,Zéquinha,Aldemar,Mirim,Manga,jogar futebol.Hoje, quando se destaca um, vai jogar no futebol chinês.Olhe quando uma pessoa estava arretada com outra sempre dizia; VAI PARA A CHINA?Hoje quem não quer jogar  na China? Lá não tem Dilma mas o dinheiro corre solto.Não tem CBF OU FPF.O fim do nosso pobre futebol.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *