Dirigente lamenta eliminação, mas destaca empenho;

ADAURY VELOSO =

Vice-presidente do clube, Diógenes Braga, também criticou o pênalti marcado contra o Náutico, no segundo tempo;  A história do Náutico no Campeonato Pernambucano 2020 terminou nesta quarta (29). Após um 0x0 no tempo normal com o Santa Cruz, na Arena de Pernambuco, o Timbu foi vencido nos pênaltis por 7×6, pela semifinal do torneio, dando adeus ao sonho do título da competição. Na visão do vice-presidente do clube, Diógenes Braga, embora o resultado tenha frustrado os alvirrubros, ficou o alento do empenho do time.

Os jogadores estão muito abatidos porque houve um empenho grande para chegar à final. Eles têm comprometimento grande com camisa. Quando montamos elenco, não nos baseamos apenas na qualidade técnica e currículo, mas também identificação com o clube. O Náutico vive um processo de resgate que já foi implantado, está em evolução e isso passa pelo respeito com a instituição”, afirmou, em entrevista à Rádio Jornal.

O dirigente também criticou o trabalho do árbitro Rodrigo Pereira, que marcou pênalti em lance que a bola bateu no braço de Carlão. Momentos antes, em lance parecido, mas em prol do Timbu, o homem do apito não assinalou penalidade.

“O juiz deu um presente ao Santa. Um pênalti dado em um lance igual a um que ele não deu antes. Não posso acreditar que é um erro. Talvez venha do coração. Só sei que Jefferson salvou a alma dele. O árbitro vinha bem, mas depois desse lance, ele perdeu o critério, marcando falta que não era e não marcando as que eram. Nos pênaltis, tivemos duas equipes que treinaram muito e o goleiro deles decidiu nas cobranças. Fica uma sensação ruim, mas com a visão do empenho”, citou.

Por fim, Braga ressaltou que o Náutico não deve fazer muitas contratações antes do início da Série B, na próxima semana. “Sabemos que precisamos de reforços, mas respeitamos o orçamento que temos. Se tivermos que escolher entre um reforço a mais ou manter os pés no chão, nós vamos escolher manter os pés no chão. Ninguém espere que faremos quatro, cinco contratações, mas traremos reforços pontuais. Temos Dadá (Belmonte) que chegou, Paiva que está se recuperando de lesão e Ronaldo Alves estará disponível depois”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *