Especulado em Botafogo e Chapecoense, Gabriel Xavier espera definição de futuro no Cruzeiro

Adaury veloso;  m dos atletas emprestados pelo Cruzeiro, o meia Gabriel Xavier ainda não teve o futuro decidido pela diretoria mineira. Recentemente, ele foi especulado em clubes como Chapecoense e Botafogo, que vão disputar a Copa Libertadores de 2017.

Com relação à Chape, Gabriel poderia se transferir a custo zero, a exemplo do que o Cruzeiro fez na cessão do zagueiro Douglas Grolli. Seria uma forma de ajudar o clube catarinense, vitimado pelo desastre aéreo na Colômbia que matou 71 pessoas, sendo 19 atletas do elenco. Já o Botafogo busca peças de reposição no setor ofensivo visando à disputa do torneio continental.

Em contato com o Superesportes, o empresário Junior Pedroso, responsável pela carreira do jogador, disse que o destino de Gabriel só será resolvido a partir da próxima semana. No momento, o atleta se encontra em férias com a família.

“O Gabriel Xavier acabou de voltar do Recife e neste momento está curtindo sua família e resolvendo pendências pessoais. Estive com ele na semana passada e, como não temos nada concreto, decidimos ter uma nova conversa na próxima semana para falar sobre trabalho”.

Aos 23 anos, o meia revelado na Portuguesa chegou a ser xodó da torcida cruzeirense, que o queria como titular no começo da temporada 2015, quando o clube celeste alcançou as quartas de finais da Copa Libertadores e foi eliminado pelo River Plate. Seu único gol marcado em 27 partidas foi num clássico diante do Atlético, no Independência, em que o Cruzeiro venceu por 3 a 1, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

Em fevereiro de 2016, a Raposa cedeu o meio-campista ao Sport por um ano e recebeu R$ 300 mil pela negociação. Com a camisa 10, Gabriel viveu altos e baixos em Pernambuco, marcando quatro gols em 42 apresentações. O contrato entre o jovem e o Cruzeiro vencerá em fevereiro de 2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *