Fernandes espera jogo de imposição entre Náutico e Cuiabá;

ADAURY VELOSO ;

Treinador alvirrubro espera jogo truncado na Arena Pantanal ;

Por ter vencido o jogo de ida por 2 a 1, o Náutico precisa apenas de um empate com o Cuiabá, nesta quarta-feira, na Arena Pantanal, para avançar à quarta fase da Copa do Brasil. Mesmo assim, o técnico Roberto Fernandes não espera uma postura totalmente ofensiva da equipe matogrossense. Para o treinador alvirrubro, os donos da casa irão buscar a vitória, mas sem sair das suas caraterísticas. Assim, Roberto Fernandes espera um jogo de forte imposição física.

Para embasar a sua tese, o comandante timbu utilizou o conhecimento que tem do trabalho do catarinense Itamar Schulle, técnico do Cuiabá. “Eu acompanho bem o trabalho do Itamar, um treinador sério, mas que, assim como todo técnico oriundo do Sul do País, antes de propor jogo e de um futebol vistoso, vem a garra e o espírito de guerra. Espero muito mais pressão por força e imposição do que propriamente por propor mais o jogo com relação ao que o time fez daqui (da Arena de Pernambuco)”, destacou Fernandes.
“Espero um jogo muito pegado, truncado. O Cuiabá vai buscar a vitória, mas sem sair do seu estilo de jogo. Eles vão procurar pressionar dentro da organização tática que a equipe já tem. Já o Náutico vai ter que repetir aquilo que fez nas duas fases anteriores da Copa do Brasil (quando se classificou fora de casa contra Cordino-MA e Fluminense-BA). Temos que encarar o jogo também de forma aguerrida e encarar todas as bolas como as bolas do jogo”, concluiu.
Na atual temporada, o Cuiabá disputou oito jogos como mandante, todos na Arena PAntanal, e soma sete vitórias e apenas uma derrota, por 3 a 2, para o Atlético-ES, na última quarta-feira, pelas quartas de final da Copa Verde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *