Fim da invencibilidade ; Salgueiro tira a invencibilidade do Santa Cruz em pleno Arruda

ADAURY VELOSO;

Dando sequência a uma campanha irretocável, o Sagueiro venceu o Santa Cruz por 2 x 1, no Recife, e consolidou a primeira colocação no hexagonal estadual. A vantagem saltou de 2 para 4 pontos. Considerando a fase preliminar, já são onze apresentações do time sertanejo, ainda invicto. São 9 vitórias e 2 empates, num reflexo direto de uma equipe encaixada, competitiva no cenário local. Já enfrentou os três grandes da capital, somando sete pontos de nove possíveis.

O time comandado por Evandro Guimarães é uma equipe à vontade no Pernambucano. Se antes fazia os resultados no Cornélio de Barros, agora já começa a somar pontos com regularidade nos estádios tradicionais. Num intervalo de um ano, venceu o Sport na Ilha (em 2016), o Náutico na Arena (em 2017) e agora o Santa no Arruda. Nesta volta do futebol após o carnaval, o Salgueiro foi um time mais consciente, tanto na distribuição em campo quanto na troca de passes. O inverso do bicampeão, tendo Primão como maior exemplo do rendimento abaixo, que resultou na primeira derrota em 2017. Nem chutava nem armava. Pitbull e Vitor perderam boas chances, nas raras chances criadas.

Não que o visitante tenha tido mais, mas chegou de forma bem mais organizada. Foram três lances neste contexto, aos 37, 42 e 45. Saíram dois gols, com Willian Lira de cabeça (5º gol, somando a primeira fase) e Toty num chute no cantinho (numa trama iniciada no lançamento de Rodolfo Potiguar e com Willian fazendo o pivô). No segundo tempo, sem melhora, surgiram gritos de olé entre vários dos 5 mil espectadores. O tricolor só conseguiu diminuir aos 38, num gol contra de Ranieri, cortando o cruzamento de Vítor (que fez boa jogada). Insuficiente para tirar a vitória do Carcará. Mais uma na capital…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *