FPF confirma a Taça Gena em homenagem ao centenário de Náutico x Santa Cruz

Adaury veloso;  Era tarde de uma sexta-feira, dia 29 de junho de 1917. Nos Aflitos, em partida válida por um torneio beneficente em Pernambuco, Náutico e Santa Cruz se enfrentavam pela primeira vez. Neste ano, o Clássico das Emoções completa seus 100 anos de história. E o fato não poderia passar batido. Assim como aconteceu no ano passado com Sport e Santa pela Taça Givanildo Oliveira, Timbu e Tricolor abrem 2017 com uma nova disputa. Promovida pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF), a homenagem, desta vez, será para o ex-lateral-direito Gena e seguirá o mesmo formato adotado no Clássico das Multidões. A informação foi confirmada nesta manhã pelo presidente de FPF, Evandro Carvalho, 

“Vai acontecer, sim. Todo ano nós buscamos fazer uma homenagem e neste não será diferente. A disputa funcionará com o mesmo critério da Taça Givanildo e ao final premiaremos com um troféu, um objeto que identifique e marque essa homenagem. Gena foi um grande jogador, fez parte da história do futebol e está vivo. Então estamos em busca de reconhecer o seu trabalho”, sentenciou o mandatário.

Hoje aos 73 anos, a sugestão de homenagear Gena, curiosamente, partiu justamente daquele que foi coroado no ano passado, Givanildo Oliveira, companheiro nos gramados pelo Tricolor na década de 70. O ex-lateral-direito conquistou dez títulos entre 1963 e 1973, mas ficou marcado por ter participado do hexa do Náutico e do penta no Santa Cruz.

De acordo com o presidente da FPF, o formato de disputa será o mesmo adotado para Sport e Santa Cruz pela Taça Givanildo Oliveira no ano passado. Pontos corridos. Dessa forma, será feita a soma da pontuação de todos os clássicos oficiais que acontecerem na temporada. Leva a taça quem terminar na frente. Em caso de empate, cada clube terá a sua. Até o momento, a projeção é de que aconteçam de seis a 12 jogos entre as duas equipes durante este ano. A disputa abre já neste domingo, com o primeiro clássico pelo Campeonato Pernambucano.

A lista do Clássico das Emoções em 2017:

Estadual (de 2 a 4 jogos)
Além das duas partidas no hexagonal, os rivais podem se enfrentar no mata-mata. De 2010 a 2016, no formato atual, foram três confrontos decisivos, todos nas semifinais, com dois triunfos corais e um dos alvirrubros.

Copa do Nordeste (de 2 a 4 jogos)
Náutico e Santa Cruz integram o mesmo grupo e se enfrentam pela 2ª e 5ª rodada da fase de grupos do torneio. À parte disso, o clássico também pode ocorrer no mata-mata. Logo, até quatro partidas.

Série B (2 jogos)
Neste ano, ambos entrarão em campo pelo Campeonato Brasileiro em disputa pela Série B brigando pelo acesso. Timbu e Tricolor, portanto, se enfrentam em duas rodadas na competição.

Copa do Brasil (2 jogos)
Em 2016, o duelo só não aconteceu na segunda fase porque o Náutico foi eliminado pelo Vitória da Conquista. Ou seja, há chance, ainda que pequena.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *