jogadores do Santa Cruz elogiam garra do time;

ADAURY VELOSO –  No empate em 1 a 1 diante do Botafogo, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, no estádio Almeidão, o Santa Cruz foi bastante pressionado pelos donos da casa. Com o resultado, o Tricolor do Arruda seguiu sem vencer na competição e, agora, encontra-se na lanterna do grupo A, com dois pontos. Destacando a dificuldade que é enfrentar o Belo em João Pessoa, os jogadores comemoraram o resultado e enalteceram a entrega do grupo.

“Série C tem sempre que estar pontuando, jogo difícil. Botafogo-PB não perde aqui há muito tempo. A gente voltou a competir, sabemos que precisamos melhorar. Mas valeu o empenho e a garra. Os dois primeiros jogos a gente ficou moroso, mas nesse brigamos mais”, disse o zagueiro William Alves.

“Conseguimos suportar bem defensivamente e levar um ponto para Recife. Mas é isso, a Série C tem que somar, principalmente fora de casa. Agora temos dois jogos em casa para reverter a situação”, corroborou o lateral esquerdo Bruno Ré.

Disputando apenas a Série C, o Santa Cruz terá a semana livre para se preparar para a próxima partida da competição, contra o Sampaio Côrrea, sábado. Os dois jogos seguintes – diante da equipe maranhense e do ABC -, aliás, serão no estádio do Arruda.

“Pontuar nos dois jogos em casa que tem, pegar uma continuidade boa e conseguir os primeiros três pontos dentro de casa. Tem que ter garra e determinação. Nosso objetivo era pontuar, sabemos que estamos numa condição incômoda, o Z4. Temos dois jogos para fazer seis pontos”, comentou o estreante Everton. Além do meia, quem também estreou contra o Belo foi Misael.

“Importante sair daqui pontuando. Nós queríamos os três pontos, jogar aqui não é fácil. É importante não perder fora de casa. Não são todos os times que vão arrancar ponto do Botafogo-PB. Estamos embaixo mas teremos dois jogos em casa com a nossa torcida”, disse o atacante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *