Jogadores do SantaCruz celebram rapidez no encaixe do time;

Adaury veloso;

O Santa Cruz precisou começar quase do zero para montar o elenco de 2017 após o rebaixamento à Série B, no ano passado. O encaixe de um novo time, repleto de atletas que nunca atuaram juntos, se tornou uma das maiores preocupações da diretoria e do técnico Vinícius Eutrópio para o começo de temporada. Porém, segundo os próprios jogadores, este entendimento dentro de campo está vindo em um tempo acima do previsto.

Apesar de o Santa Cruz se manter invicto depois de seis jogos na temporada regular, o elenco é unânime a afirmar que a equipe ainda precisa evoluir e chegar um entrosamento ideal. Ao mesmo tempo, não escondem que a “liga” que ganhou o  time neste início de 2017 já é flagrante.

“Não surpreende, mas foi mais rápido do que se imaginava. A gente conhecia quem ficou e quem chegou iria se encaixar. Com menos de dois meses de competição, a equipe está evoluindo”, declarou o lateral direito Vitor, um dos remanescentes de 2016.

Elicarlos não crê que este encaixe veio nesta velocidade toda, no entanto, bem antes do que previa. “Acho que está no tempo certo. Não foi nem tão rápido, nem da maneira que a gente tentava imaginar. Esse time pegou (liga) pelos resultados. Futebol hoje em dia é tudo resultado. O momento é bom e esperamos que dure até o fim do ano”, pontuou o volante coral.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *