lateral-esquerdo Kevyn não fica no Náutico;

ADAURY VELOSO ;

NÁUTICO

Por conta de impasse com clube de origem, lateral-esquerdo Kevyn não fica no Náutico

Clube alvirrubro queria contar com o atleta em definitivo, porém o Rezende-RJ só quer liberar o defensor, de 20 anos, em novo empréstimo;

Titular na campanha do título pernambucano deste ano, o lateral-esquerdo Kevyn está deixando o Náutico. Tudo porque o clube alvirrubro não chegou a um entendimento com o Rezende-RJ, detentor dos direitos econômicos do atleta, para a renovação do contrato para 2019. O Timbu queria ter o atleta em definitivo, enquanto os cariocas tinham a intenção apenas de fazer um novo empréstimo.

No entendimento dos dirigentes do Náutico, como é o clube pernambucano que vem colocando o atleta, de apenas 20 anos, na vitrine, seria mais justo ter parte dos direitos em definitivo visando uma futura negociação. Proposta rejeitada pelo Rezende.
“Ele realmente não deve ficar. Fizemos uma proposta, já se passaram três semanas e não houve nenhum retorno. Desde que Kevyn veio para a base foi por empréstimo. Esse ano ele foi bem e a nossa proposta é que ele viesse em definitivo, com parte dos direitos econômicos ainda presos ao Rezende. Porque entendemos que temos que ter o controle da operação, já que somos nós que estamos colocando o atleta na vitrine”, explicou o gerente de futebol alvirrubro Ítalo Rodrigues.
Na atual temporada, Kevyn disputou 22 partidas pelo Náutico, sendo as duas últimas com o time sub-23 que estava disputando a Série A2 do Campeonato Pernambucano. Após ser titular na reta final do Campeonato Pernambucano contra o Central, o lateral esquerdo perdeu espaço durante a Série C, após sofrer uma lesão no joelho esquerdo. Foi substituído por Tiago Costa e depois viu Assis tomar conta da posição.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *