LEONARDO UM GUERREIRO ATÉ HOSPITALIZADO

LUTA PARA CONTINUAR VIVENDO

Assim é Leonardo Pereira da Silva, 41 anos de idade, natural da cidade de Pícos,do estado do PIAUÍ. Um garoto que com a vivacidade de Wanderson Lacerda, mudou o rumo do Arruda pela Ilha do Retiro.Enquanto o saudoso Raimundo Moura anunciava pelas rádios que o atleta chegaria em 24h para assinar com o tricolor,Leonardo já estava na concentração do Sport num lance fantástico como um gol de bicicleta,feito pelo então mandatário Wanderson Lacerda.

Moura já tinha acertado tudo e anunciou a vinda do atleta.Mas não fez aquilo que deveria.Traze-lo ao Recife e fechar um contrato.Amigo do prefeito de Pícos e do presidente do clube que o atleta jogava,Wandersson procurou informações.Não teve dúvidas, mandou dois emissários até Pícos e determinou;” Quero voces com ele aquí o mais rápido possível”.

Nem  os próprios emissários sabiam que Wanderson Lacerda já tinha acertado tudo com o prefeito e o ´presidente do clube.E Leonardo chegou na Ilha,  ficou na concentração.Raimundo Moura não acreditou quando a imprensa divulgou que o atleta tinha sido contratado pelo Sport.

Brilhou no juniors,foi para o time profissional onde ganhou seis títulos,entre eles Copa do Nordeste.Fez a torcida rubro-negra vibrar de emoção e os sulistas botaram o olho no menino.Vasco,Palmeiras e outros grandes clubes o queriam.E terminou indo para o clube de Eurico Miranda junto com Juninho Pernambucano.

Só que a cabeça de Leonardo era diferente da de Juninho,embora ambos tenham formado na seleção sub-20 do Brasil junto com o zagueiro Adriano que pertencia ao Sport. Em Leonardo faltava uma leitura melhor,alguém que podesse mostrar a ele seu futuro.Com Juninho era diferente vindo de uma familia de alto nível.Leonardo de uma pobreza, mas que embora muito calado,conseguiu apartamentos,bons carross,fazenda  noPiauí,mas bebida e mulher foi uma de suas ruinas.

Acabou tudo que tinha  e o que lhe resta é a esposa e os filhos e um simples trabalho de assistente técnico nas divisões de base do leão.Como pessoa humana é extraordinário.Amigo de todos.Mas infelismente procurou  o caminho errado da vida a exemplo de um Henágio,Chico Monte Alegre e muitos outros.O que podemos fazer;lamentar.Falta de conselhos dos amigos não faltaram.

Agora sua luta está mais dificil.É contra  a morte.Interno na Restauração, os amigos pedindo a Deus pela sua recuperação e ele talvez brigando contra a defensiva mais difícil de ser batida para encontrar aquilo que ele sempre soube fazer;gol. E a todo momento os amigos pedindo a Papai do Céu que ele possa fazer o maior gol de sua carreira que é retornar a conviver junto aos familiares.  É por isso que torcemos.Sempre foi meu amigo e conversava-mos bastante.Não parecia um atleta pela sua simplicidade.Gosta muito de rir e brincar com os companheiros.Há dois meses participou em sua cidade,Pícos, de um jogo beneficiente.Hoje,vamos torcer pelo seu maior gol. Que Deus o mostre o caminho de acertar um arremesso emocional para todos que torcemos pela sua recuperação.Vamos  lá Léo, faz este gol para nos fazer vibrar.           número 7. pelo clube em que marcou 133 gols em 367 partidas – o terceiro maior artilheiro rubro-negro12310434_936095326443480_7721685991325318348_n   AMAURY VELOSO1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *