Lesão de Hernane Brocador; Gabriel e Winck não devem jogar;

ADAURY VELOSO ;

SPORT

Médico detalha lesão de Hernane; Gabriel e Winck não devem jogar contra Palmeiras

Cléber Maciel explicou que atacante deve ficar parado de quatro a seis semanas; já dupla se recupera de problema muscular;

O departamento médico do Sport fez o primeiro pronunciamento oficial após definir o protocolo de tratamento para a luxação que o atacante Hernane Brocador sofreu no ombro na derrota por 2 a 1 para o Corinthians, no último domingo. O diretor médico Cléber Maciel detalhou que o atleta passará de quatro (28 dias) a seis semanas (42 dias) de fora dos jogos do Leão sem a necessidade de cirurgia. Com isso, o centroavante deve perder cinco partidas e só retornar no duelo contra o Ceará, no dia 4 de novembro. Em casos de menor preocupação, o lateral direito Cláudio Winck e o meia Gabriel estão na fase de aprimoramento físico, mas não devem ser opções para o confronto diante do Palmeiras, às 18h deste domingo, na Ilha do Retiro.

Segundo Maciel, a lesão de Hernane Brocador já começou a ser cuidada ainda em São Paulo. Na ocasião, o médico Rodrigo Perez recolocou o ombro no local e iniciou o tratamento com gelo e medicações. Em seguida, já no Recife, o atleta passou por um exame de imagem na última segunda-feira e conversou com a equipe médica para definir o método de recuperação.
“De comum acordo, nós do departamento médico junto com o atleta, optamos por um tratamento conservador que iniciará com uma imobilização e, consequentemente depois, uma reabilitação fisioterápica. O que posso dizer de pronto é que o atleta já comprou a ideia, e a gente estima um prazo de quatro a seis semanas, obviamente trabalhando para minorar esse prazo”, disse Cleber Maciel.
“Hernane é um atleta de esporte de contato, mas é um esporte que não utiliza de rotina os membros superiores. O que ele teve foi o que chamamos na medicina de primoluxação, que é o primeiro episódio de uma luxação traumática no ombro. Com isso, nos dá a possibilidade de tratamento conservador sem cirurgia”, acrescentou o diretor médico do Sport.
Cláudio Winck e Gabriel
Para o duelo contra o Palmeiras, o técnico Eduardo Baptista não deve contar com as opções do lateral direito Cláudio Winck e o meia Gabriel. Os dois atletas estão ausentes há duas rodadas, recuperando-se de problemas musculares nas coxas. Gabriel teve uma lesão muscular na direita. Já Winck ficou de fora do duelo com o Cruzeiro também por um desgaste na coxa direita e, depois, sentiu a esquerda.
“Gabriel teve uma lesão muscular moderada na coxa. Ele inicia hoje (quarta) o protocolo de transição. Tanto ele quanto (Cláudio) Winck são obviamente dúvidas para o jogo. O Winck está na mesma situação. Agora, vão desenvolver nos próximos dias para saber se terão condições. O que digo para vocês é que eles são dúvidas e diria não ser provável a presença deles”, disse Cléber Maciel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *