longe do Recife Santa Cruz visita Figueirense sábado, às 16h30.

ADAURY VELOSO ;

Última vitória coral fora de casa foi contra o Ceará ainda no primeiro turno ;

O torcedor do Santa Cruz espera que o time consiga sair do rebaixamento, e nas suas contas, vencer todas as partidas restantes em casa podem ser o suficiente para garantir a saída do Z4 da Série B. 15 pontos estariam garantidos com os jogos no Arruda e faltaria um para que a conta fique redonda e o clube chegue aos 45 pontos necessários. Por isso, a conquista de ao menos um ponto neste sábado, às 16h30, diante do Figueirense em Florianópolis, pode ser o necessário para que a confiança no Arruda fique bem maior. Porém, os jogadores do Tricolor não querem nem pensar em empate. Só vitória. Algo que não ocorre fora de casa há exatamente quatro meses.

A última vez que o Tricolor do Arruda saiu com os três pontos de campo como visitante foi diante do Ceará, no dia 13 de junho, quando bateu os cearenses por 3 a 1. Uma memória distante, mas que não diminui a confiança coral.
“O momento é complicado e todas as partidas são finais para a gente. Temos que fazer um grande jogo lá e conquistar essa vitória fora de casa após quatro meses. Estamos nos doando ao máximo, mas estamos pecando na hora de fazer os gols. Temos que melhorar a finalização e vamos tentar mudar isso a partir desse sábado”, pontuou o meia João Paulo.

Mesma situação

Um dos motivos para que o Santa Cruz pense apenas em vitória é que o duelo é contra um time que está na mesma situação na tabela. Vencer o Figueirense não significaria sair da zona de rebaixamento, mas ao menos trocaria de posição com os catarinenses e criaria um novo ânimo para o duelo da próxima terça-feira, contra o Oeste no Arruda.
Além disso, na opinião do zagueiro Anderson Salles, não há mais momento para escolher onde jogar bem. Com apenas 30 pontos em disputa, o Santa Cruz tem que atuar da mesma forma longe ou dentro do Arruda. “São dez finais que a gente vai ter. Tem que jogar bem dentro e fora de casa. Esse jogo com o Figueirense é uma briga direta e temos que fazer de tudo para sair de lá com os três pontos.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *