Magrão reconhece favoritismo do Sport no Estadual;

ADAURY VELOSO ;

Goleiro vê Leão mais pressionado por título no Campeonato Pernambucano com os principais rivais na Série C nesta temporada ;

Magrão conquistou nove estaduais ao longa da carreira. Um pelo Ceará, outro pelo Fortaleza e os últimos sete pelo Sport. Mas, apesar da vasta experiência neste tipo de competição, garante que ainda tem sentido o famoso “frio na barriga” antes deste Pernambucano 2018 – campeonato no qual o goleiro admite que o Rubro-negro entrará como favorito.

Enquanto o Sport desfruta de mais uma temporada na Série A, os seus principais rivais, Náutico e Santa Cruz, jogarão a Terceira Divisão nesta temporada. Chegam no Pernambucano com orçamentos ainda menores e elencos em formação. Assim, Magrão reconhece que o Sport é mesmo o maior candidato para levantar a taça. O que não significa que vá ser campeão, pondera.
“Sabemos que o Sport é favorito, mas nem sempre o favorito vence. Claro que a gente está em situação melhor que as outras duas equipes da capital, mas temos que ter consciência e trabalhar muito para o favoritismo ser ao nosso favor. Futebol mostra que o melhor time, de melhor estrutura, de mais dinheiro, nem sempre ganha jogo, campeonato”, avaliou.
Por causa da vantagem teórica sobre os rivais, Magrão, por outro lado, crê que o Sport entrará no Estadual mais pressionado. “A pressão por títulos sempre existe aqui no Sport. Ainda mais agora que a equipe é a única do Estado na Primeira Divisão.”
Sem a certeza do título, o goleiro rubro-negro revela ansiedade para o início de mais um Pernambucano. “Frio na barriga tem. Não vejo a hora de começar o Estadual. O frio só sai depois que pega na bola”, declarou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *