Martelotte destaca “peso” da derrota em casa e vê falta de confiança;

ADAURY VELOSO ;

Treinador acredita que situação do clube, na zona de rebaixamento e sem vencer há quatro jogos, afeta no desempenho dos atletas;

Como de praxe, na entrevista coletiva pós-jogo, o técnico Marcelo Martelotte analisou o desempenho do Santa Cruz contra o América-MG. Até positivamente. Com extrema lucidez, porém, destacou que essa avaliação, no atual momento do clube, a cinco pontos da porta de saída da zona de rebaixamento, é secundária. Mais importante que a forma como o time desenvolve o trabalho em campo, é o resultado.  A gente analisar o jogo, é uma análise que pode ser feita aqui, internamente. Tem que ser feita internamente, mas nesse momento o mais importante é analisar o resultado porque ele tem um peso maior. Essa derrota com certeza tem um peso grande porque foi dentro da nossa casa, num momento em que a gente precisava muito vencer”, avaliou o treinador coral. “Agora temos um trabalho longo pela frente de recuperar a confiança dos jogadores. E esse trabalho já começou numa primeira conversa dos vestiários”, acrescentou.

Para o técnico, o Santa Cruz buscou a vitória o tempo inteiro. Destacou, inclusive, que as mudanças feitas por ele tiveram esse intuito, de reequilibrar a partida e “soltar” mais o time, para buscar o gol. “Hoje terminamos com dois meias, três atacantes, buscando o gol adversário e o gol não saiu”, avaliou.

Emocional

A razão da falta de gols do Santa Cruz está clara para o treinador. Numa avaliação global, o treinador alega que está faltando confiança nos jogadores, muito por conta da situação na classificação. “Esse aspecto emocional tem um peso maior. O time tem se defendido bem, tem tido uma postura de marcação correta, tem criado as jogadas, trabalhado bem a bola, e infelizmente a gente não transforma isso em gols.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *