Medalhões da SérieD: Carlinhos Bala é a aposta do Altos-PI para a competição

Adaury veloso;     13393501_638319272985945_648201590_nCkiU8wdWUAAcDWH Com passagens marcantes por Náutico, Santa Cruz e Sport, com quatro títulos estaduais e a histórica conquista da Copa do Brasil de 2008, esta última com a camisa do Leão da Ilha do Retiro, Bala ganhou a alcunha de Rei de Pernambuco. Conhecido pelas frases de efeito, o jogador não dá garantias, mas usa a ascensão do Altos, que conquistou o título na primeira competição que disputou como clube de futebol profissional, no ano passado, para mostrar que acredita no sucesso.

– Ser o Rei da Série D? Quem sabe, né? Em Pernambuco foi uma sequência de grandes campanhas, em três grandes clubes… Aqui estamos começando agora. É a primeira vez que a equipe vai disputar a competição. Mas, no primeiro ano de profissionalização, o Altos já conquistou a Série B do Campeonato Piauiense de 2015. No segundo ano, disputou a final da primeira divisão do estadual, conseguiu vaga na Copa do Nordeste. É uma ascensão meteórica. O projeto é muito bom e vamos fazer de tudo para que continue assim – projeta.

Aos 36 anos, Carlinhos Bala já entra para o grupo de jogadores mais experientes e, evidentemente, a condição física não é mais a mesma da época em que consolidou o seu apelido. O jogador, por sua vez, usa o conhecido bom humor para dizer como se sente e exalta outro atleta com idade mais avançada que vem se destacando no cenário do futebol brasileiro.

– Estou me sentindo como uma criança (risos). Estou muito bem. Sempre me cuidei e isso de idade, se entrar em campo e mostrar bom futebol, não importa. Às vezes você pode ser desvalorizado, mas a prova disso que falei está aí, com o Zé Roberto, já com 41 (anos), deitando e rolando ainda – afirma.

Esta será a primeira vez que Carlinhos Bala vai disputar a Série D. Ao citar toda a experiência que tem no futebol brasileiro, o atacante afirmou que está preparado para ajudar o Altos.

– Já joguei tudo que é campeonato. Primeira divisão, Série B, Série C, Série B do Pernambucano, competição de várzea… Agora vem a Série D. Estou pronto. Me sinto preparado e isso de entrar em um campeonato pela primeira vez é uma motivação a mais. Creio que vou conseguir ajudar a equipe com a vivência que tenho no futebol – destaca.

Os objetivos de Bala não são pequenos. Ao ser questionado sobre até onde o Altos poderia chegar na Série D, o atacante voltou a mostrar o lado descontraído.

– Nossa meta é o título, com certeza. Eu não vim aqui para passear e nem para conhecer a cidade. Até porque não tem praia (risos). Mas fui bem recebido por todos, o projeto é legal, todo mundo abraçou e vamos botar a equipe no auge do futebol brasileiro. Tenho certeza que Deus vai me abençoar novamente – finalizou.

A estreia do Altos na Série D será às 16h (de Brasília) deste domingo (12), contra o Maranhão-MA, fora de casa, no Castelão. Uma boa atuação de Carlinhos Bala pode contribuir não só para que os objetivos em termos de classificação sejam alcançados, mas também para que o Rei de Pernambuco conquiste o “trono” da Série D.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *