Milton Bivar rebate contas de Martorelli e acusa presidente do Sport de fazer “campanha eleitoral”

Adaury veloso;

Candidato à vice-presidente pela chapa de oposição voltou a acusar gestão de ter antecipado receitas referente à cotas de televisão, algo negado pelo atual mandatário;

O grupo de oposição que irá concorrer à eleição do Sport, nesta sexta-feira, reagiu com indignação à prestação de contas apresentada pelo presidente do clube, João Humberto Martorelli, em entrevista coletiva à imprensa, na última quarta-feira.  o candidado à vice presidente do executivo da chapa “Por um Sport Campeão”, Milton Bivar, acusou o atual mandatário leonino de ter feito campanha eleitoral e questionou alguns pontos apresentados. Entre eles, a informação de que o clube estaria saneado financeiramente, voltando a acusar a atual administração de ter antecipado parte das cotas de televisão dos próximos anos, algo que foi negado por Martorelli.
“O que o presidente Martorelli fez foi de uma grande irresponsabilidade, para não dizer covardia. Faltando pouco mais de 48 horas para a nossa eleição, ele se dirige à imprensa para uma entrevista de prestação de contas. Prestação de contas essa que foi da boca para fora. Ele fala tanto na Ernest & Young (empresa de consultoria que estaria  em busca de parceiros para a reforma na Ilha do Retiro), mas não apresentou um relatório ao conselho. Os conselheiros apertaram ele várias vezes e ele nunca apresentou a prestação de contas. O que ele fez foi unicamente com cunho eleitoreiro”, acusou Milton Bivar, que foi presidente do Sport em 2007 e 2008, quando o clube conquistou a Copa do Brasil.
O ex-mandatário e hoje opositor da atual gestão também voltou a bater na tecla de que Martorelli teria feito uma gestão “temerária” com relação às finanças do clube. E calculou em cerca de R$ 70 milhões uma possível antecipação de cotas de televisão feita pelo atual presidente rubro-negro.
“A parte das finanças é a que mais me preocupa e um dos motivos que me levou a candidatar a um novo cargo eletivo no clube. Foi feito uma verdadeira orgia com o dinheiro do Sport. Se o orçamento do Sport gastou este ano cerca de R$ 113 milhões e teve, de cota de televisão, R$ 40 milhões, o restante veio de onde, se o clube não negociou nenhum jogador ou realizou um grande evento? Essa conta não fecha. Claro que essa diferença é de adiantamento de cotas, que irá comprometer nossas receitas até 2024”, calculou Bivar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *