Milton comemora empate e pede Ilha do Retiro cheia;

ADAURY VELOSO ;   pós empate em 0x0 com o Fluminense, o Sport fechou a rodada na 16ª colocação, com 37 pontos;

Como já era de se esperar, os rubro-negros saíram satisfeitos com o empate em 0x0 diante do Fluminense, neste domingo (11), no Maracanã, pela Série A do Campeonato Brasileiro. O resultado segurou o Sport na 16ª posição, com 37 pontos, sem chances de cair para a zona de rebaixamento ao término da 33ª rodada – mesmo que a Chapecoense (19º) vença o Santos, segunda (12), ela não ultrapassará o Leão por conta do critério do número de vitórias.

“Muito importante o ponto para nós. Sabíamos a dificuldade de jogar contra o Fluminense. Nossos jogadores se entregaram muito. Não foi a partida que queríamos porque tivemos dificuldades no primeiro tempo, com eles tendo mais posse de bola. Depois equilibramos o jogo e tivemos até um chute na trave. A luta não está ganha ainda, mas estamos entrando com força em todas as brigas”, afirmou o técnico Milton Mendes.

Para a próxima rodada, o Sport terá os desfalques do lateral-direito Cláudio Winck e do meia Gabriel, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. Milton não quis definir quais são os substitutos e também aproveitou o momento para reafirmar sua confiança em um jogador que não vem em grande fase pelo Leão.

“Muitas pessoas acham que poderia fazer outra substituição (tirando o centroavante Hernane do time titular), mas não vou tirá-lo. Ele é um grande jogador e continuará em campo”, pontuou.

Na próxima rodada, o Sport recebe o Vitória, quarta (14), às 20h45 (de Recife), na Ilha do Retiro. Duelo direto na luta contra o rebaixamento, já que os baianos estão em 17º, com 35 pontos.

“Estamos com uma sinergia boa com o torcedor, todos com a mesma atmosfera. Nosso torcedor quando vai a campo nos incentiva muito. O perfil do torcedor do Sport é de pegar no colo. Sentimos que eles estão nos protegendo e precisaremos disso no próximo jogo. Nossa torcida é como a água quando estamos cansados. A importância dela é extrema e gostaríamos de ver a Ilha lotada”, frisou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *