Milton Mendes ainda não repetiu a escalação da equipe;

ADAURY VELOSO –

Em nove partidas à frente do Santa Cruz, o técnico Milton Mendes ainda não repetiu a escalação da equipe de um jogo para o outro. Convivendo com problemas de suspensão e lesões, o treinador também tem tentado realizar modificações a fim de encontrar um equilíbrio nas atuações do time.

Esse fato está sendo refletido na utilização das contratações realizadas desde que o comandante retornou ao clube. Ao todo, cinco atletas chegaram neste período: o lateral-esquerdo Victor Lindenberg, os volantes Marcelo Mattos e Kadu, além dos meias Daniel Costa e Jailson. Além deles, Celsinho realizou sua estreia justamente no primeiro jogo de Milton Mendes, após duas semanas de condicionamento físico.

Destes, Marcelo Mattos, Daniel Costa e Jailson não estrearam como titulares, sendo acionados pela primeira vez no segundo tempo dos jogos contra Imperatriz/MA, Confiança/SE e Ferroviário/CE, respectivamente. Mas a falta de sequência na maioria das peças também é uma realidade neste pequeno grupo. A derrota para o Sampaio Corrêa/MA, por exemplo, marcou a primeira partida de Daniel Costa sem ganhar um minuto sequer, depois de seis rodadas seguidas.

Kadu parece ter ganho a vaga como segundo volante, enquanto Victor Lindenberg realizou sua estreia mesmo com aproximadamente quatro meses de inatividade. A possível saída do lateral-direito Marcos Martins o afastou da relação do compromisso em São Luís do Maranhão, devolvendo Cesinha para o setor e abrindo a necessidade de escalar lateral-esquerdo de 21 anos, última nome anunciado pela diretoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *