Milton Mendes promove Michel Bastos à função no Sport;

ADAURY VELOSO ;

SPORT

Com tradição de rodízio de capitães, Milton Mendes promove Michel Bastos à função

Treinador costuma fazer revezamento da braçadeira pelos clubes que passa;

Foi assim no Santa Cruz, Vasco, Atlético-PR. Por onde passou, o técnico Milton Mendes promoveu um revezamento de de capitão nos elencos. Não será diferente no Sport. A braçadeira tradicionalmente envergada pelo ídolos Magrão ou Durval, desta vez, terá um novo dono. No duelo contra o Atlético-PR, no próximo domingo, na Arena da Baixada, o meia-atacante Michel Bastos será o capitão da equipe.

Ao seu estilo, Milton Mendes tratou o rodízio com absoluta naturalidade. Segundo ele, o elenco, inclusive, tratou com naturalidade sua decisão. “Foi simples. Todos clubes que passei, já fiz isso. Na maior parte deles foi muito bem aceito. Assim divide responsabilidade, dá mais poder para o jogador. Precisamos que todos estejam sabendo da importância de ser o capitão”, afirmou.
Milton Mendes explicou o revezamento da braçadeira é importante para que se divida responsabilidade no grupo. “Capitão não é só o que vira moeda e pede bicho, tem muitas outras funções e quando isso fica um ou dois, fica pesado. No plantel, temos 35 jogadores. Precisamos ter várias possibilidades de conversa, focos. Treinador não está no vestiário o tempo inteiro. Tem que ter pessoas que confie, que sejam líderes para dar segurança para os demais jogadores. Sou muito atento, mas as vezes foge alguma coisa”, explicou.
Nas próximas rodadas, é possível que outros atletas também ganhem a oportunidade de usar a braçadeira. O treinador, porém, afirmou que ainda não tomou a decisão. “Um por vez”, pontuou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *