Morre Bebeto de Freitas, ex-técnico das seleções ;

ADAURY VELOSO ;

Ele dirigiu a geração de prata, em 1984 e 1988, e ainda foi campeão mundial no comando da seleção italiana ;

Através do seu site oficial, o Atlético Mineiro informou o falecimento de Bebeto de Freitas, 68 anos, atual diretor de administração e controle do clube, nesta terça-feira (13). Bebeto sofreu uma parada cardíaca, pouco depois de participar de um evento na Cidade do Galo. O clube decretou luto oficial de três dias.

Bebeto foi jogador profissional de vôlei, mas foi como treinador que ganhou destaque no mundo, tendo dirigido o time da consagrada “geração de prata” do vôlei masculino brasileiro nos Jogos Olímpicos de 1984, em Los Angeles, e também nos Jogos Olímpicos de 1988 em Seul.

Depois foi dirigir o Maxicono Parma (1990-1995), da Itália, onde arrebatou cinco importantes títulos. Bebeto então foi convidado a treinar a seleção italiana, entre 1997 e 1998, sendo campeão da Liga Mundial em 1997, em Moscou, e campeão mundial em 1998, na final com a Iugoslávia, em Tóquio, no Japão.

Após encerrar sua carreira no voleibol, Bebeto de Freitas teve duas passagens como manager do Atlético Mineiro em 1999 e 2001. Foi campeão mineiro e vice-campeão brasileiro em 1999 e chegou ao 4º lugar no Brasileiro de 2001. No entanto, deixou o clube para ir trabalhar para o Botafogo, onde chegou a ser presidente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *