Na Copa São Paulo, Náutico mira ir mais longe em 2017

Adaury veloso;

O grupo que o Náutico caiu na Copa São Paulo não foi dos mais difíceis. Talvez a grande dificuldade será contra os paulistas Mirassol e Tanabi, que jogará em casa. Mas a preocupação do técnico Márcio Galuppo não está no adversários. O seu foco é melhorar o time para conseguir algo que não ocorre há quatro temporadas. Avançar de fase.
“O primeiro objetivo nosso é passar de fase. Há quatro anos não passamos de fase e queremos avançar. Em um primeiro momento o objetivo é chegar na segunda fase. Depois pensamos no restante”, comentou Galuppo.

Naquele ano em que passou da primeira fase, o Timbu tinha atletas como Renato e Izaldo, que foram aproveitados nos profissionais em anos seguintes, e foi eliminado pelo Santos que tinha como principal atacante Stéfano Yuri, que já atuou pelo Náutico em 2015. A esperança é que outros atletas surjam para o profissional e Galuppo já tem duas apostas no lado ofensivo.

“Hoje temos um certo equilíbrio dentro da equipe e acredito que Erik e o Gerônimo têm tudo para dar o que falar nessa disputa”, comentou o treinador alvirrubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *